Polícia denuncia casal por tortura de criança na região de Piracicaba (SP)

Nesta quarta-feira (19), a Polícia Civil de Capivari concluiu o Inquérito Policial e deu cumprimento a conversão da Prisão Temporária em Prisão Preventiva para a mãe e o padrasto de um menino de quatro anos pelos crimes de tortura e lesão corporal.

Segundo a polícia, o crime foi denunciado pelo pai da criança que estranhou o comportamento do menino, que demonstrava certa resistência em ficar na companhia do casal. O menino contou ao pai, momentos em que tinha a integridade física e psicológica ofendidas, ocasião em que era torturado pela mãe e padrasto.

Os acusados tiveram a prisão preventiva decretada na data de hoje (19), e permanecerão à disposição da Justiça.

Outro lado

A filha da acusada diz que o pai mentiu ao denunciar a mãe, conforme já noticiado pelo PIRANOT anteriormente.

Ainda segundo a filha, por anos ela temeu ser morta. “Por anos ele perseguiu minha mãe que buscou ajuda na polícia, com medidas restritivas e Boletins de Ocorrência, mas tudo foi arquivado. Temia sair na rua e ser morta por ele, tanto que ele sequestrou meu irmão, quando tinha um ano de vida”, relatou. Leia a matéria completa do caso clicando aqui.

Informar Erro

Só falta você!

O PIRANOT se prepara para alcançar meio bilhão de acessos até o final de 2023. Queremos que você faça parte ainda mais da nossa história. Por isso, convidamos você para seguir nosso conteúdo no Google News e ajudar o portal de notícias a alcançar ainda mais espaço nacionalmente. Clique aqui e siga-nos.

PIX

Ajude-nos a continuar oferecendo conteúdo local 100% gratuito e, quem sabe, com menos anúncios. Caso puder e queira, apoie o jornalismo local fazendo uma doação de qualquer valor ao PIRANOT. A chave PIX do jornal é o CNPJ: 29.229.355/0001-39.

Apoie as marcas da sua cidade. Apoie o jornal PIRANOT.

Leia também