Widgets Magazine

rafaelalfa

Sobre Rafael Fioravanti

Este autor ainda não possui uma descrição.
So far Rafael Fioravanti has created 1025 blog entries.

Presidente da Câmara de Piracicaba defende aumento de recursos a alunos com deficiência

O presidente da Câmara de Vereadores de Piracicaba, Matheus Erler, enviou ao Senado Federal a moção de apelo 108/2018 com o intuito de ampliar os recursos para a educação especial no Brasil. A moção foi aprovada durante a 44ª reunião ordinária desta quinta-feira (16).

O objetivo de Erler é que o Projeto de Lei 18/2018 seja aditado e aprovado no Senado Federal, aumentando os repasses do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) a alunos com deficiência. Atualmente, o índice está em 1,30. Considerando-o inviável, haja visto todos os cuidados especiais que os alunos com deficiência demandam em sua educação, Erler defende um aumento para 1,40.

“Para se ter uma ideia, numa classe comum são agrupados 32 alunos e numa classe especial são atendidos em média oito alunos com deficiência. Tanto é assim que, a título de explicação, o valor do per capita Fundeb praticado pelo Governo do Estado é de R$ 358,69 por mês, o que dá, numa sala comum de 32 alunos, o valor de R$ 11.478,88, e numa sala especial, com oito alunos, o valor de R$ 2.869,52. Com isso, observa a diferença gritante do valor repassado”, defende Erler.

Se aprovada, a moção de apelo de Matheus Erler minimizaria os problemas enfrentados pelas Apaes e demais escolas que atendem alunos com deficiência. Uma cópia do documento será enviada a todos os 81 senadores da República.

Por | 17/08/2018|

Semuttran implanta novo semáforo na Avenida Rio das Pedras, em Piracicaba

Foto: Prefeitura de Piracicaba

A Prefeitura Municipal de Piracicaba, por meio da Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes), fez a instalação de um novo semáforo em um ponto de grande fluxo de veículos do município: o cruzamento da Avenida Rio das Pedras com a Avenida Antonio Fazanaro, na zona leste da cidade.

O semáforo entrou em funcionamento na noite desta quinta-feira (16), a fim de acalmar um pouco o tráfego de veículos ali na região do bairro Pombeva, que estava sendo utilizado como desvio para muitos motoristas.

A Semuttran informou que a nova sinalização semafórica proporcionará organização do trânsito, melhorando a mobilidade urbana e garantindo mais segurança aos usuários.

Foto: Google.

Por | 17/08/2018|

Em discurso, vereador de Piracicaba faz alerta para golpe do cartão de crédito

Foto: Fabrice Desmonts

O vereador Ronaldo Moschini fez um discurso de alerta durante a 44ª reunião ordinária desta quinta-feira (16), na Câmara de Vereadores de Piracicaba. O alerta foi para o golpe do cartão de crédito, prática cada vez mais recorrente no município.

“Estamos extremamente expostos a uma situação de fragilidade”, discursou o vereador ao narrar um episódio em que, ao utilizar seu cartão de crédito em um posto de gasolina, notou que quatro compras haviam sido feitas indevidamente em seu nome. Todas num período de menos de uma hora.

“Já fui surpreendido. Depois, quando fui alertado, já era muito tarde. Devemos tomar cuidado com esse tipo de prática que tem sido muito comum”, comentou o parlamentar. Para ele, uma das formas de se evitar esse tipo de golpe é escondendo o código de segurança na parte traseira do cartão de crédito.

Assalto à UBS do Caxambú

Embora o assunto fosse golpes no cartão de crédito, o vereador aproveitou seus minutos na tribuna para lembrar também do assalto ocorrido à Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Caxambú. O caso ocorreu na quarta-feira, dia 14.

Para ganhar acesso ao interior da UBS, os indivíduos estouraram dois cadeados, danificaram o alarme e o quadro de energia. O vereador Moschini trabalha no local há 28 anos.

“Vai uma pergunta: assaltar uma UBS, que presta serviço à população, que atende a filha do bandido, a mãe, a irmã, a família toda?”, lamentou. O vereador classificou a ação como “absurda”.

Por | 17/08/2018|

Atriz Maitê Proença se apresenta este sábado (18), em Piracicaba

A atriz Maitê Proença vem a Piracicaba com a peça “A Mulher de Bath”, dando continuidade às comemorações de seus 40 anos de carreira

Teatro do Engenho

Foto: Matheus José Maria.

A atriz Maitê Proença vem a Piracicaba neste sábado (18) para apresentar a comédia dramática “A Mulher de Bath”. A peça tem 80 minutos de duração e terá início pontualmente às 20 horas, no Teatro do Engenho. A classificação etária é de 16 anos.

A Mulher de Bath, personagem dos Contos da Cantuária de Geoffrey Chaucer (publicado em 1475), é um dos pilares da literatura ocidental, precursora de Shakespeare. A peça chega aos palcos brasileiros pela primeira vez, dando vida a versos inspirados no cancioneiro popular e na poesia do interior do Brasil.

À beira de uma estrada, em plena Inglaterra medieval, uma mulher de experiência vasta conta a história de sua vida, sem deixar de lado seus amores, rancores, paixões e vinganças, traições e grandezas. As coisas são ditas como são, sem enfeites e de forma clara, irreverente e direta. Movida por um humor visceral, Alice sugere que o comando nas mãos da mulher não leva à guerra, ou à submissão, mas ao bem estar comum. A Mulher de Bath, embora antigo, está à frente de sua época.

A peça traz a união da atriz Maitê Proença — que, em janeiro, completou 40 anos de carreira e 60 anos de vida — com o diretor Amir Haddad. A tradução ficou por conta de José Francisco Botelho e busca inspiração na poesia popular brasileira, para reviver, entre nós, a exaltação e a grandeza da Idade Média.

Ingressos

Meia entrada: R$ 35 reais (professores, estudantes, pessoas + 60 Anos).
Clientes Unimed: R$ 40 reais (cliente com cartão do Plano de Saúde).
Inteira: R$ 70 reais.

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro, das 15h às 18 horas, e também pelo site da Mega Bilheteria, clicando aqui.

Por | 17/08/2018|

Criminoso é detido em Piracicaba após assaltar farmácia e trocar tiros com PM

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Um criminoso de 36 anos foi detido dentro de sua residência na noite desta quinta-feira (16), em Piracicaba. Ele havia assaltado uma farmácia de Ártemis horas antes.

A Polícia Militar foi acionada a uma farmácia da Rua Fioravante Cenedese, em Ártemis, onde a vítima contou que dois indivíduos utilizando capacete preto adentraram o estabelecimento, e, em posse de arma de fogo, roubaram dinheiro do caixa, um celular Samsung J7 e uma bolsa com seus pertences pessoais.

A PM passou as informações via rádio a todas as demais viaturas municipais, momento em que policiais em patrulhamento pelo Boa Esperança avistaram a referida moto com os dois indivíduos trafegando pelo bairro. Como as características informadas coincidiam, eles decidiram averiguar.

Policiais deram ordem de parada à motocicleta por meio de sinais luminosos e sonoros, porém os indivíduos empreenderam fuga em alta velocidade. A perseguição se desenrolou até a esquina da Avenida Corcovado com a Rua Josué Blummer, quando o garupa saltou da motocicleta em movimento e continuou sua fuga a pé. A polícia conta ainda que, durante a perseguição a pé, o garupa retirou o capacete e efetuou alguns disparos contra os policiais.

A polícia conta que não conseguiu deter o indivíduo naquele momento, mas que conseguiu reconhecê-lo quando ele retirou o capacete. Ele foi identificado como A.D.V.N, de 36 anos — criminoso já conhecido nos meios policiais e vulgarmente chamado de Alfredinho.

Mais tarde

Policiais levantaram o endereço de “Alfredinho” e conseguiram detê-lo horas mais tarde. Ele foi preso dentro de sua residência, já com roupas trocadas. Assim que avistou a viatura, ele tentou fugir, mas desta vez sem sucesso.

Ele foi preso em flagrante e conduzido ao Plantão Policial, onde responderá por crime de roubo e tentativa de homicídio contra agente ou autoridade, conforme especifica os Artigos 142 e 144 da Constituição Federal. O Boletim de Ocorrência foi lavrado na madrugada desta sexta-feira (17) e o 5º Distrito Policial do município ficou incumbido de investigar o caso.

Por | 17/08/2018|

Incêndio criminoso quase atinge Centro dos Idosos de Piracicaba e causa preocupação

Foto: Wagner Romano/PIRANOT

Um incêndio criminoso consumiu o terreno baldio ao lado do Centro dos Idosos na tarde desta quinta-feira (16), em Piracicaba. O local fica na Rua João Tedesco, bairro Água Branca, na zona leste do município.

Segundo informações apuradas pelo Jornal PIRANOT, um indivíduo ainda não identificado ateou fogo no terreno baldio ao lado do Centro Dia do Idoso “Irmã Maria Luigia Moschini”, no bairro Água Branca. Conforme foi ventando, o fogo foi se alastrando pelo terreno até chegar bem próximo à instituição. As chamas não atingiram o prédio onde funciona o Centro, porém a fumaça ficou bastante densa no local e os idosos tiveram de ser retirados dali.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e realizou os primeiros procedimentos de combate às chamas. Durante o serviço, faltou água e o caminhão teve que deixar o local para reabastecimento. Posteriormente, o Corpo de Bombeiros retornou e concluiu o trabalho.

Embora nada de pior tenha acontecido, a preocupação dos coordenadores do Centro do Idoso era que as chamas atingissem o local onde ficam armazenados os botijões de gás. As chamas foram apagadas com sucesso e não houve feridos.

Ainda não se sabe quem colocou fogo no mato.

Centro Dia do Idoso “Irmã Maria Luigia Moschini”

O centro é mantido pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), em parceria com a Associação Franciscana de Assistência Social Madre Cecília (Afasmac).

O local proporciona aos idosos uma rotina de atividades físicas, oficinas de arte, canto, música, desenho e dança. Para ser atendido, basta chegar ao Centro das 07h30 às 8 horas. O Centro tem como objetivo promover a autonomia, a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida dos idosos.

Fotos do incêndio criminoso

Foto: Wagner Romano/PIRANOT

Foto: Wagner Romano/PIRANOT

Foto: Wagner Romano/PIRANOT

Foto: Wagner Romano/PIRANOT

Foto: Wagner Romano/PIRANOT

Foto: Wagner Romano/PIRANOT

Foto: Wagner Romano/PIRANOT

Por | 16/08/2018|

Pesquisadores da ESALQ descobrem indícios de fraude na floresta amazônica

ESALQ

Foto: Acervo Laboratório de Silvicultura Tropical.

Pesquisadores da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) descobriram indícios de fraude na extração de espécies madeireiras de alto valor pela Floresta Amazônica. O trabalho foi publicado na revista americana Science Advances.

A conclusão veio após eles encontrarem discrepâncias consideráveis entre volumes estimados de madeira do inventário florestal nacional do Brasil (RADAM) e os volumes de licenças de corte como indicador de possíveis fraudes na indústria madeireira na Amazônia oriental.

A extração ilegal de madeira é um problema. Esforços recentes de regulamentação melhoraram a detecção de algumas formas de extração ilegal de madeira, porém são vulneráveis a métodos mais sutis que mascaram a origem da madeira ilegal.

Os pesquisadores reuniram 427 autorizações válidas de exploração — AUTEF (Autorização de Exploração Florestal) — todas emitidas entre os anos de 2012 e 2017 e disponibilizadas no Sistema Integrado de Monitoramento e Licenciamento Ambiental (Silam) da Secretaria do Meio Ambiente do Pará. Eles ainda observaram 426 parcelas do RADAM, de um hectare, considerando árvores com DAP (diâmetro na altura do peito) maior que 50 centímetros.

“Encontramos um forte viés de superestimação de volumes de espécies madeireiras de alto valor em licenças de exploração madeireira”, diz o estudo. “Avaliações de campo confirmaram indícios de fraudes para as mais valiosas espécies com objetivo de gerar um excedente de madeira licenciada que possa ser usada para legalizar madeira proveniente da extração ilegal”.

Soluções

A questão preocupa, porém o estudo aponta possíveis soluções. Pesquisadores comentam que para conservar espécies madeireiras da Amazônia é necessário, por exemplo, modernizar as licenças de exploração. É também necessário um envolvimento maior de todas as partes interessadas.

“Sem um esforço sério para abordar esta questão em larga escala, a degradação das florestas da Amazônia continuará. Portanto, defendemos mudanças no sistema de comando e controle do licenciamento e de auditorias das áreas de exploração para evitar a superexploração de espécies madeireiras da Amazônia e a degradação florestal generalizada associada à extração ilegal de madeira”, finalizam os pesquisadores.

Por | 16/08/2018|

Professor da ESALQ é o vencedor da 63ª edição do Prêmio Bunge

ESALQ

Foto: Moacir Gibin.

O professor Pedro Henrique Santin Brancalion, docente do Departamento de Ciências Florestais da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ), foi o vencedor da 63ª edição do Prêmio Bunge. A vitória do docente veio na categoria “Juventude”.

Além de Brancalion, serão premiados também Daniel Munduruku, escritor indígena que preserva sua cultura em livros infanto-juvenis, vencedor na categoria “Vida e Obra”. O físico Silvio Crestana, um dos fundadores da Embrapa Instrumentação Agropecuária, também receberá o prêmio na mesma categoria. Já na categoria “Juventude” — além de Brancalion — a outra vencedora foi Nina Krivochein, de 14 anos, garota prodígio já autora de quatro livros.

O engenheiro agrônomo Pedro Henrique Santin Brancalion, docente da Esalq, será premiado por suas inúmeras pesquisas e projetos de extensão para manejo e restauração de florestas nativas tropicais no Brasil. As indicações ao Prêmio foram feitas pelas principais universidades e entidades científicas e culturais do Brasil. Os nomes foram avaliados e selecionados por comissões técnicas formadas por especialistas nas duas áreas de premiação.

Os dois contemplados na categoria “Vida e Obra” receberão uma medalha de ouro e o valor de R$ 150 mil. Já na categoria “Juventude”, cada um receberá uma medalha de prata e o valor de R$ 60 mil. A cerimônia de entrega acontecerá no dia 13 novembro, em São Paulo.

Prêmio Bunge

O tradicional Prêmio Fundação Bunge foi criado em 1955, como forma de incentivar a inovação e disseminação de conhecimento. O prêmio também visa reconhecer profissionais que contribuem para o desenvolvimento da cultura e das ciências no Brasil.

Desde sua fundação, mais de 190 personalidades já foram homenageadas.

Pedro Brancalion

Engenheiro agrônomo formado em 2005 pela ESALQ, Brancalion atua como professor de Silvicultura de Espécies Nativas no Departamento de Ciências Florestais. Ele também é coordenador do Laboratório de Silvicultura Tropical (LASTROP) e desenvolve pesquisas e projetos de extensão que visam desenvolver conhecimento e tecnologia para manejar e restaurar florestas nativas tropicais.

Por | 16/08/2018|

Dois criminosos foragidos da justiça são capturados em Piracicaba

Foto: Wagner Romano/PIRANOT

A Polícia Militar capturou dois criminosos foragidos da justiça na tarde desta quarta-feira (15), em Piracicaba. A primeira captura ocorreu no bairro da Algodoal, enquanto a segunda ocorreu minutos depois, pela região da Pompéia.

O primeiro foragido da justiça foi identificado como O.S.S., de 35 anos. Natural da Bahia, porém morador da Algodoal, O.S.S. foi capturado em sua residência por volta das 16h50. Policiais militares responsáveis por sua captura disseram que estavam em posse de um mandado de prisão em desfavor do indiciado e que decidiram se diligenciar à casa do indivíduo a fim de localizá-lo. Nada de ilícito foi encontrado com o homem durante a abordagem.

O mandado de prisão contra O.S.S. foi emitido no dia 02 de abril, pelo juiz de direito do Juizado Especial Cívil e Criminal da Comarca de Piracicaba, sendo sua condenação arbitrada em regime semi aberto.

Já o segundo criminoso, identificado como E.A.P, de 42 anos, também foi capturado em sua residência. Ele foi detido por volta das 16h55 na Rua dos Gaviões, bairro da Pompeia, zona leste do município.

O mandado de prisão contra ele foi emitido pelo juiz de direito da 3ª Comarca de Piracicaba, no dia 20 de outubro de 2017, sob condenação em regime semi aberto.

Ambos estão recolhidos no 1º Distrito Policial e ficarão à disposição da justiça.

Por | 16/08/2018|

Forças de segurança realizam operação conjunta em combate à criminalidade

Uma mega-operação de combate ao tráfico de drogas e roubo de veículos foi iniciada na manhã desta quinta-feira (16), em Limeira, região de Piracicaba. A operação ainda segue em andamento e conta com equipes da Guarda Civil, Polícia Militar, Polícia Civil, além de participações do Águia da PM.

Cerca de 120 agentes das forças de segurança foram às ruas do bairro Ernesto Kuhl, local com grande índice de criminalidade, por volta das 06 horas. A operação não há previsão para término.

Dentro de uma residência, maconha foi apreendida. Dentro do motor de um veículo, mais entorpecentes foram apreendidos. Além do combate ao tráfico e ao roubo de veículos (os pilares desta operação), as forças de segurança também pretendem cumprir cerca de 20 mandados de prisão.

Balanço parcial

Até às 11h05 desta quinta, as forças de segurança já haviam encontrado na laje de uma residência 320 pinos de cocaína, além de mais 920 pinos vazios. Uma mulher foi detida por tráfico de drogas, em posse de mais 16 pinos de cocaína. Um jovem de 17 anos também foi apreendido por porte de entorpecente. No motor de um veículo VW Gol, equipes da Guarda Civil encontraram mais 269 porções de maconha e 91 pinos de cocaína.

(Atualização feita às 13h05): Dentro de um bar, as forças de segurança apreenderam mais 11 munições de arma calibre 22. Uma testemunha denunciou o dono e, agora, o mesmo será indiciado pelas munições apreendidas. A polícia apreendeu também mais 1240 maços de cigarros contrabandeados.

Como a operação segue em andamento, o número de apreensões poderão aumentar. O Jornal PIRANOT/PORJUCA volta assim que mais informações forem divulgadas à imprensa.

Fotos da operação

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Foto: Wagner Morente/GCM

Por | 16/08/2018|

Câmara de Vereadores de Piracicaba lamenta morte de ex-reitor da Unimep

Foto: Davi Negri.

A Câmara de Vereadores de Piracicaba manifestou condolências pela morte do professor Gustavo Jacques Dias Alvim, ex-reitor da Unimep, ocorrida na manhã desta quarta-feira (15). Alvim morreu após dias internado na UTI do Hospital da Unimed.

Em nota, a Mesa Diretora disse que “se sente consternada pela perda do convívio de um gestor público de raros compromisso e competência”. Foi frisado também que Alvim, entre 1969 e 1972, ocupou o cargo de vereador da Câmara, atuando também como presidente da Casa de Leis durante um ano. A nota diz ainda que “Alvim era um democrata, homem íntegro, generoso e que no decorrer de sua vida pública trabalhou pelo fortalecimento de Piracicaba.”

Assina a nota oficial:

Matheus Erler
Presidente

Ronaldo Moschini
Vice-Presidente

Pedro Kawai
1º Secretário

André Bandeira
2º Secretário

Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes
Aldisa Marques
Ary Pedroso Jr.
Carlos Gomes da Silva
Dirceu Alves da Silva
Gilmar Rotta
Isac Souza
Jonson Oliveira
José Aparecido Longatto
Laércio Trevisan Jr.
Lair Braga
Marcos Abdala
Nancy Thame
Osvaldo Schiavolin
Paulo Campos
Paulo Serra
Rerlison Rezende
Wagner Oliveira
Paulo Henrique Paranhos Ribeiro

Velório e enterro

O velório do ex-reitor da Unimep teve início às 15h30 desta quarta-feira (15) na Catedral Metodista de Piracicaba, Centro do município. O enterro ocorreu às 10h30, no Cemitério da Saudade, em jazigo da família.

Trajetória

De acordo com informações fornecidas pela própria Unimep, Gustavo Alvim era ex-funcionário do Banco do Brasil. Ele trabalhou também no Grupo Dedini, Mausa, Indústrias Romi e na Dedini-Mausa da Venezuela, em cargos de direção administrativa e jurídica. Na área educacional, foi professor, diretor de faculdade, vice-presidente do Conselho Diretor do IEP, secretário executivo do Conselho Geral das IMEs, além de vice-reitor e reitor da Universidade Metodista de Piracicaba.

Alvim também atuou como presidente da Academia Piracicabana de Letras, como membro do Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba, da Academia Ferroviária de Letras e do Panathlon Club. Pertenceu também ao Diretório do “Rold Methodist Council”, ao Clube de Escritores de Piracicaba, à extinta Sociedade Hípica de Piracicaba e ao Conselho Deliberativo do Lar dos Velhinhos de Piracicaba.

Como presidente, comandou o Rotary Club de Piracicaba Vila Rezende, o Esporte Clube XV de Novembro de Piracicaba, a Associação Desportiva Unimep e o Conselho Deliberativo do Clube de Campo de Piracicaba. Como diretor, atuou na Federação Paulista de Basquetebol, no EC Rezende e no Bela Vista Nauti Clube.

Não sou piracicabano, mas vim para esta terra com 11 anos, quando precisei fazer o curso ginasial. Piracicaba encanta todo mundo que chega aqui. É uma cidade que tem algo que parece que as outras não têm. Têm algumas peculiaridades, como o rio, o XV de Novembro. Tem cultura, arte, escolas e é uma cidade encantadora. Chegando a Piracicaba, eu só estive fora dela alguns poucos anos em que tive de fazer meus cursos universitários. Tive oportunidades de sair dela, mas sempre optei por Piracicaba. Eu adoro Piracicaba, acho-a uma cidade encantadora, que realmente nos dá prazer de nela viver“, Gustavo Jacques Dias Alvim.

Por | 16/08/2018|

Pregão da Câmara escolherá empresa para fornecimento de temperos e chás

A Câmara de Vereadores de Piracicaba — por meio de seu setor de Contratos — disponibilizou no Portal da Transparência o pregão presencial 43/2018, do tipo menor valor global. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (15) e visa eleger uma empresa para fornecimento parcelado de temperos e chás (hortifrutigranjeiros).

Como justificativa, a Câmara comenta que já houve término do contrato de fornecimento e que o refeitório necessita desses itens.

A licitação tem sessão pública e ocorrerá na terça-feira, 28 de agosto, às 09 horas, na sala de reuniões do prédio anexo. O local fica na Rua São José nº 547, segundo andar.

Por | 16/08/2018|
Carregar mais conteúdo