Supermercado obriga casal negro a esvaziar bolsa para revista e encontra Bíblia

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) informou nesta quinta-feira (29) que investiga o caso

- Continue depois da publicidade -

Um casal de negros que fazia compras em uma unidade do supermercado Extra, no bairro do Campo Belo, zona sul de São Paulo, foi obrigado pela caixa a esvaziar a bolsa para ser revistada. Mas dentro da bolsa só havia uma carteira, uma bolsinha com remédios e uma Bíblia.

Uma foto dos pertences encontrados dentro da bolsa do casal
Foto: TV Globo/Reprodução

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) informou nesta quinta-feira (29) que investiga o caso.

“A moça me deu o valor, peguei meu cartão para pagar e ela disse: ‘Preciso ver tua bolsa’. Eu falei: ‘Sério?’”, relatou Edgar Oliveira de Carvalho, que estava com a esposa ao lado. “Eu perguntei para ela: ‘Você tem alguma dúvida se coloquei algo dentro?’. Fiquei sem ação. Me faltou o chão”, contou Letícia Reis Oliveira de Carvalho ao G1.

A vítima ainda afirmou que só abriria a bolsa n presença da polícia. Quando a polícia chegou ao local, Edgar virou a bolsa no carrinho e dentro havia somente uma carteira, uma bolsinha com remédios e uma Bíblia.

Um vídeo gravado pelo casal mostra a polícia tentando minimizar a situação. “Não é nada fora do normal. Você está dentro de um estabelecimento comercial”, justificou o PM nas imagens.

No entanto, para o casal, não tinha nada de normal ali. “Eu perguntei para o gerente com quantas pessoas eles fizeram aquilo naquele dia”, disse Letícia.

Quando saíram do supermercado, os dois foram direto para a delegacia da região registrar um boletim de ocorrência Após alguns dias, eles procuraram a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), que investiga o caso agora.

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Via G1
Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir