Segundo temporal em apenas três dias causa estragos em Piracicaba

De acordo com a Defesa Civil, até às 18h de ontem (18), haviam sido registradas mais de 20 ocorrências de queda de árvores

- PUBLICIDADE -

Piracicaba foi novamente atingida por um temporal por volta das 16h desta quarta (18). Em pouco mais de 20 minutos, o volume de chuva atingiu 30 mm, o que causou alagamentos em ruas e avenidas da cidade. O vento forte derrubou árvores em diversos bairros e houve queda de energia.

Uma caçamba foi arrastada durante o temporal. Foto: Bruno Peterson

Ao contrário do forte temporal de segunda-feira (16), que atingiu principalmente os bairros Castelinho, Nova Piracicaba e Vila Rezende, ontem toda a cidade sentiu os estragos. Força-tarefa que envolve secretarias municipais, além do Corpo de Bombeiros e CPFL, trabalham, coordenados pela Defesa Civil, para liberar vias e atender a população atingida. Os danos são materiais. Não houve vítimas.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com a Defesa Civil, até às 18h, haviam sido registradas mais de 20 ocorrências de queda de árvores. Alguns dos bairros atingidos foram: Paulista, na Estação da Paulista, Chácara Nazareth, Pauliceia, Santa Terezinha, Higienópolis e Jardim Europa. No Perdizes, uma árvore caiu sobre uma casa e no Santa Rita Avencas, sobre um veículo.

Na Rua Luiz de Queiroz, foi registrada queda de árvore e de poste. No Bairro Alto, na Travessa da Saudade com Rua XV de Novembro, a queda de uma árvore interrompeu o trânsito e o fornecimento de energia. Houve interrompimento do trânsito, também, na Avenida Antonia Pazzinato Sturion, no Morumbi, por conta de uma árvore caída.

Alagamentos

O grande volume de água em pouco tempo causou alguns pontos de alagamentos. Foram registrados alagamentos na Avenida Armando de Salles Oliveira, 31 de Março, Alberto Vollet Sachs e Piracicamirim. O ribeirão Piracicamirim transbordou em alguns trechos.

O diretor da Defesa Civil, Odair Mello, explica que o atendimento aos casos é feito conforme a urgência, com prioridade para pontos onde o trânsito está interrompido e o acesso às residências também.

Ações desde segunda

A Sedema estima que a chuva de segunda-feira provocou a queda de aproximadamente 70 árvores no município. Até a tarde de ontem (18), antes do novo temporal que atingiu a cidade, as equipes da Defesa Civil, da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), da CPFL e do Corpo de Bombeiros executavam serviços para sanar os estragos causados pela chuva da última segunda-feira (16) – especialmente nos bairros Nova Piracicaba, Castelinho e Vila Rezende.

Forte temporal derruba árvore sobre casa no Nova Piracicaba
Foto: PIRANOT

Coordenados pela Defesa Civil, servidores da Sedema já haviam feito os serviços de erradicação/remoção de 24 árvores (aquelas que caíram ou que ficaram comprometidas, oferecendo risco à população) e poda de 15 árvores.

Na tarde desta quarta (18), funcionários da Engemaia – empresa terceirizada da Sedema que executa serviços de poda e corte de árvores – trabalharam na remoção de quatro grandes ipês que caíram na Rua João Moretti. Também retiraram uma árvore de grande porte na Rua Virgulino de Oliveira (uma grande tipuana que derrubou o muro de uma residência) e uma árvore oiti na Rua das Rolinhas.

Esse serviço de retirada das árvores – que envolve a remoção da mesma, a fragmentação dos troncos e a moagem de galhos e folhagens -, também foi realizado nas seguintes vias: Rua da Glória, Rua Pereira Barreto, Rua Antônio Vieira de Maia, Rua Conde do Pinhal (esquina com a Rua Primavera), Rua Antônio Diniz, Rua Cícero Pompeu de Toledo, Rua Luiz Arzola, Rua Assis Chateubriand, Rua Padre Joquim do Canto, Rua das Sesmarias, Rua Dr. Kok, Rua das Jurutis e Rua dos Gerânios; Avenida Marechal Castelo Branco (Zoológico Municipal), Avenida São Pedro, Avenida Barão da Serra Negra (esquina com Rua Dona Lídia) e Avenida Armando Cesare Dedini.

As 15 intervenções de poda realizadas, até agora, pela Sedema ocorreram em árvores localizadas nas ruas Luís de Camões, Cardeal Arcoverde, Maria Stênico, das Sesmarias, dos Paturis e das Jurutis. “As equipes estão se empenhando ao máximo para colocar a cidade em ordem o mais breve possível”, declara o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente, José Otavio Menten.

Odair Mello, diretor da Defesa Civil, salienta que “os trabalhos das equipes continuarão até a normalização da situação nos bairros”. “Em caso de novas ocorrências por causa da chuva, a população deve acionar a Defesa Civil pelo telefone 199 ou a Guarda Civil de Piracicaba pelo 153”, orienta.

Foto: Bruno Peterson
Foto: Bruno Peterson

 

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir