SBT Memória: Márcia Goldschmidt inaugura a era dos talk shows polêmicos

Semanalmente você faz uma “viagem no tempo” com os programas que marcaram época da emissora de Sílvio Santos. Só aqui no SBT Memória – coluna de Daniel Yahir publicada no Blog Oficial (www.danielyahirtv.blogspot.com) e no site Piracicaba Notícias (www.piranot.com) 

“Márcia, essa mulé é uma pistóóleeera ! Ela me ‘défama’, Márcia!”

Frases como essa se tornaram comuns na tela do SBT entre 29 de julho de 1997 e agosto de 1998. Embora tenha durado apenas um ano o talk show Márcia sempre é lembrado como um dos mais polêmicos. Brigas de casais e vizinhos, conflitos entre amigos e parentes (noras X sogras) eram constantes e intermediados pela “novata” Márcia Goldschmidt.

No começo foi exibido semanalmente ‘as terças-feiras ‘as 21h40 – quando chegou a derrotar a Globo diversas vezes. Nove meses depois passou a ser diário, ‘as 20h50 – mas não suportou a concorrência com a novela Por Amor. Então, um mês depois  foi realocado para o horário das 18h, evitando confronto com o folhetim da Globo.

Em agosto de 1998 o talk show deu lugar ao Programa do Ratinho – que seguia mais ou menos os mesmos moldes. Márcia apresentou ainda no SBT , por três meses,  o Programa Livre (outubro a dezembro 1999) e, por seis meses, o Fantasia (Janeiro a Junho de 2000)

O estilo que a consagrou fez com que a BAND lhe contratasse e desse um novo programa: Hora da Verdade. Márcia Goldschmidt foi revelada pelo SBT mas permaneceu por mais tempo no ar (dez anos) pela BAND.

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também