SBT Memória: Márcia Goldschmidt inaugura a era dos talk shows polêmicos

- PUBLICIDADE -

Semanalmente você faz uma “viagem no tempo” com os programas que marcaram época da emissora de Sílvio Santos. Só aqui no SBT Memória – coluna de Daniel Yahir publicada no Blog Oficial (www.danielyahirtv.blogspot.com) e no site Piracicaba Notícias (www.piranot.com) 

“Márcia, essa mulé é uma pistóóleeera ! Ela me ‘défama’, Márcia!”

Frases como essa se tornaram comuns na tela do SBT entre 29 de julho de 1997 e agosto de 1998. Embora tenha durado apenas um ano o talk show Márcia sempre é lembrado como um dos mais polêmicos. Brigas de casais e vizinhos, conflitos entre amigos e parentes (noras X sogras) eram constantes e intermediados pela “novata” Márcia Goldschmidt.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No começo foi exibido semanalmente ‘as terças-feiras ‘as 21h40 – quando chegou a derrotar a Globo diversas vezes. Nove meses depois passou a ser diário, ‘as 20h50 – mas não suportou a concorrência com a novela Por Amor. Então, um mês depois  foi realocado para o horário das 18h, evitando confronto com o folhetim da Globo.

Em agosto de 1998 o talk show deu lugar ao Programa do Ratinho – que seguia mais ou menos os mesmos moldes. Márcia apresentou ainda no SBT , por três meses,  o Programa Livre (outubro a dezembro 1999) e, por seis meses, o Fantasia (Janeiro a Junho de 2000)

O estilo que a consagrou fez com que a BAND lhe contratasse e desse um novo programa: Hora da Verdade. Márcia Goldschmidt foi revelada pelo SBT mas permaneceu por mais tempo no ar (dez anos) pela BAND.

 

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir