Connect with us

Brasil

Sarampo: homem morre em SP; é a 1ª morte provocada pela doença no estado desde 1997

Fernanda Maestro

Published

on

A Secretaria Estadual da Saúde anunciou na tarde desta quarta-feira (28), a primeira morte provocada pelo sarampo na cidade e no Estado de São Paulo desde o início do surto da doença neste ano. Segundo a secretaria, é a primeira morte no estado desde 1997.

A vítima é um homem de 42 anos, sem registro de imunização. Ele era morador de Itaquera, Zona Leste da capital, chegou a ficar internado no hospital e morreu no dia 17 de agosto. O homem não possuía o baço, órgão do sistema linfático responsável por produzir e armazenar células de defesa do corpo, entre outras funções.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que fez o bloqueio na região onde a vítima morava, no hospital e no local onde ele trabalhava. Além disso, aplicou vacinas nas pessoas que vivem ou trabalham nesses locais. A suspeita é de que a vítima tenha contraído sarampo de duas sobrinhas.

O sarampo é uma doença altamente contagiosa que pode evoluir para complicações e levar à morte. De acordo com o balanço da Secretaria da Saúde divulgado nesta quarta-feira, o estado tem 2.457 casos da doença, sendo 66% na capital paulista, o que equivale a 1.637 pessoas contaminadas pela doença.

O balanço anterior apontava 1.797 casos de sarampo no estado, o que representa crescimento de mais de 36% pela terceira semana consecutiva

Segundo o último balanço nacional do Ministério da Saúde, referente ao período entre 19 de maio e 10 de agosto, 99% dos casos confirmados da doença foram no estado de São Paulo.

Vacinação

A vacinação contra sarampo já começou em todo o Brasil na última quinta-feira (22). Leia a matéria completa aqui.

Leia também

  • Mega-Sena está acumulada em R$ 47 milhões, clique aqui e confira o resultado completo do último sorteio.

Jornalista formada pela Universidade Metodista de Piracicaba. Trabalhou em campanhas políticas e estagiou na Câmara de Vereadores de Piracicaba. Atualmente, integra a equipe dos jornais PIRANOT e PORJUCA.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.