Suspeito de atirar em policial de Rio Claro morre em confronto com PM; outro é preso

- PUBLICIDADE -

Dois homens, suspeitos de atirar no policial militar Garcia de Rio Claro, na região de Piracicaba, foram localizados. Um acabou morrendo em confronto e outro foi preso.

Policial militar, membro do Tático Ostensivo Rodoviário, foi morto na porta da sua casa. Foto: Divulgação.

A morte do suspeito ocorreu durante patrulhamento na esquina da Avenida 03 com a 33, no Jardim Nova Rio Claro, durante a madrugada de hoje (07). Segundo a polícia, o criminoso estava em atitude suspeita e, durante a abordagem, sacou um revólver calibre 38 e abriu fogo contra a corporação, que revidou. Ele foi alvejado cinco vezes.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Acionado, o SAMU compareceu ao local e constatou o óbito.

Já a prisão do segundo suspeito pela morte do policial ocorreu após uma denúncia anônima de tráfico de drogas. Na casa dele, foram apreendidas 11 porções de maconha (0,032Kg) e uma quantia de R$ 7.709 em espécie. Ele não reagiu e foi conduzido para a delegacia.

O caso

O Sargento Garcia, membro do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) da Polícia Militar, teve morte cerebral na madrugada desta quarta-feira (06) após ser alvejado por três tiros na porta de sua casa. O incidente ocorreu na Rua 1, bairro Jardim Inocoop, região sul de Rio Claro (SP).

De acordo com informações apuradas pela imprensa, o policial chegava de moto em sua residência, na noite desta terça-feira (05), momento em que foi surpreendido por indivíduos armados e alvejado com três tiros: dois no pescoço e outro na cabeça. Na ocasião, os criminosos chegaram ainda a levar a pistola calibre .45 do policial.

Após a ação, o Sargento da Polícia Militar foi socorrido por uma viatura da GCM (Guarda Civil Municipal) e encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Rua 29. Como seu estado de saúde era gravíssimo, o policial acabou, logo em seguida, transferido ao PSMI (Pronto Socorro Municipal Integrado) da Avenida 15. Na madrugada desta quarta (06), o Sargento Garcia não resistiu aos ferimentos e teve morte cerebral.

 

  • DINHEIRO DE VOLTA – Banco é obrigado a devolver taxas abusivas em contrato de financiamento de veículo quitado. Conheça os serviços da JUCA HELP!/PIRANOT, nova marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA, clicando aqui.
Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir