Campinas (SP): cidade registra mais sete mortos e 571 casos nas últimas 24h

13 mortes suspeitas estão em investigação, informou o Poder Executivo. 1.583 pessoas já morreram pela doença na cidade

Nesta quarta-feira (13), Campinas (SP), confirmou mais sete mortes por coronavírus e 571 casos positivos. 13 mortes estão em investigação, ou seja, aguardando resultado.

Segundo a Prefeitura local, desde o começo da pandemia são 54.633 casos confirmados. Outros 599 estão em investigação. 137.644 foram descartados, sendo 1.513 só ontem. Do total de casos confirmados, 52.404 pessoas estão recuperadas, 229 estão internadas e 404 estão em isolamento domiciliar.

As mortes aconteceram entre 3 e 12 de janeiro. Entre as confirmações de ontem estão duas mulheres e cinco homens. Quatro tinham comorbidades. Uma pessoa tinha entre 50 e 59 anos e seis tinham mais de 60 anos, sendo três entre 80 e 89 anos, dois entre 70 e 79 e um entre 60 e 69 anos.

Sobre as vítimas de ontem

– Homem de 80 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 10 de janeiro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem de 57 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 11 de janeiro em hospital público. O exame foi feito no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher de 80 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 3 de janeiro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher de 80 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 10 de janeiro em hospital público. O exame foi feito no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Homem de 79 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 10 de janeiro em hospital público. O exame foi feito no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Homem de 77 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 4 de janeiro em hospital público. O exame foi feito no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Homem de 61 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 12 de janeiro em hospital público. O exame foi feito no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

Leitos ocupados em Campinas

Campinas conta nesta quarta-feira, 13 de janeiro, com 230 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública e particular. Deste total, 186 estão ocupados, o que corresponde a 80,87%. Há 44 leitos livres somando as redes pública e particular.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também