Connect with us

Notícias

São Paulo tem leve alta de isolamento social no primeiro dia de megaferiado

Avatar

Published

on

A capital paulista registrou leve aumento no índice de isolamento social nesta quarta-feira (20), primeiro dia do megaferiado na cidade. A taxa chegou a 51%. No dia anterior, o valor ficou em 49%. Na quarta-feira da semana passada (13), dia útil, o isolamento registrado foi ainda menor, de 48%. No dia 29 de abril e no dia 6 de maio, também duas quartas-feiras, o isolamento social na capital paulista ficou em 48% e 47%, respectivamente.

São Paulo tem leve alta de isolamento social no primeiro dia de megaferiado

Foto: Prefeitura da cidade de SP.

O megaferiado foi instituído pela Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB), como medida de combate contra o coronavírus. A ação busca aumentar a taxa de isolamento social na cidade, principal recomendação de especialistas para evitar a propagação da Covid-19. A ideia é que as pessoas saiam menos de casa por causa dos feriados em sequência.

A gestão Covas afirma que em feriados e fins de semana, o índice de isolamento social costuma crescer, na comparação com dias úteis.

Foram antecipados os feriados de Corpus Christi, que é em junho, para esta quarta, e do Dia da Consciência Negra, celebrado em novembro, para esta quinta (21). Na sexta (22) será ponto facultativo.

A administração municipal tem repetido que 55% de isolamento social é o índice mínimo para evitar a sobrecarga do sistema de saúde da cidade. Na quarta, os hospitais da rede municipal estavam com 92% de lotação de seus leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva).

Após o anúncio do megaferiado na capital paulista, cidades turísticas, inclusive de outros estados, se movimentaram para impedir que a medida incentivasse a viagem de paulistanos e prejudicasse as medidas de combate ao coronavírus nos municípios.

No entanto, em Santos, cidade do litoral sul de São Paulo, a taxa de isolamento social se manteve estável no primeiro dia de feriado prolongado do paulistano. O índice ficou em 49%, nesta quarta-feira, apenas um por cento a mais que no dia anterior. Nas duas quartas-feiras anteriores a taxa foi de 47% na cidade.

Praia Grande, também na Baixada Santista, é outra cidade que teve pouca alteração nos baixos índices de isolamento social. Os 49% desta quarta-feira, são os mesmos do dia anterior. Nas duas últimas quartas-feiras, a cidade teve isolamento social de 46% e 49%.

São Sebastião, no litoral norte paulista, manteve os bons índice de isolamento social que vem apresentando. A cidade registrou 62%, um por cento a mais que no dia anterior. O número é semelhante aos das duas quartas-feiras anteriores, que apresentaram taxa de isolamento social de 63% e 62%.

Já Ubatuba apresentou queda no isolamento social, mas, mesmo assim, manteve a taxa em níveis considerados altos. Nesta quarta-feira, a cidade registrou 57% de distanciamento social, mesmo número do dia anterior, mas abaixo das quartas-feiras anteriores, 61% contabilizados no dia 13 de maio e 60% no dia 6 de maio.

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo vota projeto de lei do governo João Doria (PSDB) que antecipa o feriado de 9 de julho (Revolução Constitucionalista) para a próxima segunda-feira (25). Caso aprovado, a emenda de feriados terá seis dias.