Conecte seu site To connect your site, add the meta tag below to the tag in your website's HTML and then enter the URL of your site in the field below. Learn more about connecting your site with Instant Articles. Wordpress plugin users Use 198240126857753 as the Page ID in the settings of the Instant Articles plugin for WordPress.

Saiba como será a vacinação contra o coronavírus em Piracicaba (SP)

A partir do dia 25 de janeiro está previsto o início da primeira fase da vacinação

A Prefeitura de Piracicaba, por intermédio da Secretaria de Saúde, está se preparando para o início da campanha de vacinação contra o novo coronavírus, prevista para o mês de janeiro, de acordo com o Governo do Estado de São Paulo.

Foto: Prefeitura de Piracicaba – SP

Segundo o Governo do Estado, a partir do dia 25 de janeiro está previsto o início da primeira fase da vacinação, começando com os trabalhadores da saúde, indígenas e quilombolas. A partir do dia 08 de fevereiro, serão imunizados os idosos acima de 75 anos; depois de 70 a 74 anos, de 65 a 69 anos e de 60 a 64 anos.

O propósito do governo Barjas Negri, neste momento, é alertar a população sobre a importância da imunização diante de um cenário de pandemia em que muitas pessoas estão sendo vítimas da Covid-19, doença que pode se agravar e levar rapidamente à morte.

Para garantir o suprimento da vacina – e uma logística eficiente de abastecimento dos postos de saúde, a Prefeitura está comprando 13 câmaras de vacina (geladeiras) específicas para armazenamento do produto no setor de vacinas da Vigilância Epidemiológica (VE), que é o setor responsável pela imunização. O valor estimado que será investido, por câmara, é de R$ 13.900,00.

“O Departamento de Vigilância Epidemiológica, em conjunto com o Departamento de Atenção Básica, está traçando as diretrizes para que a imunização seja um sucesso, facilitando o acesso à vacina de todos os públicos prioritários”, disse o coordenador médico da Atenção Básica, Luís Fernando Barbosa.

Sendo assim, na primeira fase, haverá esquema especial de vacinação para idosos moradores de Instituições de Longa Permanência (ILPIs); idosos acamados, sob o cuidado do Programa de Atendimento Domiciliar (PAD), receberão vacinação em casa; todos os postos de saúde vão atender os públicos prioritários.

“A intenção do governo municipal é deixar tudo preparado para quando a vacina estiver liberada pela Anvisa, iniciarmos vacinação em massa imediatamente. Nosso objetivo é proteger as populações mais vulneráveis, que são os idosos e profissionais de saúde, sendo este último o grupo que mais está sofrendo com a pandemia”, afirmou o secretário de Saúde, dr. Pedro Antônio de Mello.

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes