Jovem tem parte da língua arrancada antes de ser morto; polícia investiga

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A Polícia Civil de Sumaré está investigando a morte do estudante Gustavo Cardoso dos Santos, de 26 anos, ocorrida na madrugada do último domingo (01).

Foto: Reprodução/Facebook

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O jovem foi assassinado de forma brutal e o autor do crime ainda é desconhecido. Marcas de tiros e facadas foram constatadas, ele teve a língua cortada, o crânio esmagado e foi jogado em uma ribanceira na região do Jardim Matão, em Sumaré.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com informações, populares encontraram o corpo em uma área de mata na manhã desta segunda-feira (02). Gustavo morava em Monte Mor e foi com um amigo a uma festa que acontecia em Sumaré. Segundo o delegado responsável pelo caso, o jovem desapareceu  durante o evento e depois foi encontrado já sem vida.

As investigações seguem agora na tentativa de identificar o autor do crime.

Informar Erro
sumaréÚltimas notícias de São Paulo

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -