XV perde por 4×1 para o Palmeiras no Barão

Foto: Michel Lambstein
Foto: Michel Lambstein

CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mesmo contando com o apoio da sua torcida, que encheu o estádio Barão da Serra Negra, o XV de Piracicaba não foi capaz de superar o Palmeiras e acabou derrotado pelo adversário pelo placar de 4 a 1 na noite desta quinta-feira, 25, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Rivaldinho marcou para o Nhô Quim, mas Vitor Hugo, Alecsandro e Gabriel Jesus, por duas vezes, construíram a vitória da equipe da capital. A arbitragem também teve participação no triunfo do rival ao não marcar uma penalidade a favor do XV ainda no primeiro tempo do confronto e deixar de expulsar o lateral Lucas do Palmeiras já na segunda etapa.

“As decisões do árbitro em lances capitais prejudicaram bastante o nosso time, que poderia ter saído na frente e jogado a pressão para o lado deles. Mas é claro que isso não justifica a nossa derrota. Temos que trabalhar para não cometermos os mesmo erros que tivemos hoje e saber que domingo será uma decisão para nós”, comentou o técnico Narciso.

O importante jogo citado pelo treinador acontece neste domingo, 28, às 19h30, no estádio Primeiro de Maio, contra o São Bernardo. Com o resultado negativo de hoje, o Alvinegro permanece com cinco pontos conquistados e na quarta posição do grupo C, que é liderado pela Ferroviária.

Foto: Michel Lambstein
Foto: Michel Lambstein

- Continue depois da Publicidade -

O JOGO – O Palmeiras começou o jogo pressionando o XV em seu campo de defesa, mas o Alvinegro conseguiu suportar as investidas do adversário e aos poucos tomar o controle do jogo para si. Aos 19’, Gérson Magrão recebeu dentro da grande área e chutou cruzado à esquerda do gol defendido por Fernando Prass.

Seis minutos depois foi a vez de Rivaldinho arriscar e levar perigo a meta do goleiro palmeirense. O rival respondeu com o atacante Dudu, que buscou o canto esquerdo rasteiro de Bruno Brígido, mas mandou para fora. Os últimos minutos do primeiro tempo foram determinantes.

Aos 39’, Julinho fez grande jogada pela esquerda, invadiu a área e tocou para Gérson Magrão. O meio campista chutou, mas a bola bateu no braço do zagueiro Roger Carvalho, que se atirou no lance. O árbitro da partida ignorou a reclamação dos jogadores quinzistas e não marcou a penalidade. Dois minutos depois o Palmeiras abriu o placar. Cobrança de escanteio de Robinho e Vitor Hugo cabeceou para fazer 1 a 0.

A segunda etapa começou ainda pior para o time do estreante técnico Narciso. Logo no primeiro minuto, Dudu encontrou Alecsandro na beirada da grande área, que tocou para Gabriel Jesus fazer 2 a 0. O XV não se abateu e quatro minutos depois diminuiu com Rivaldinho. O atacante aproveitou jogada de Gilsinho e chutou por cima do goleiro Fernando Prass. 2 a 1.

Incentivado por sua torcida, o Alvinegro jogava bem até Robinho aproveitar erro na saída de jogo do Nhô Quim para servir Alecsandro, que chutou forte no canto direito de Bruno Brígido e fez 3 a 0. O quarto e último gol da partida aconteceu aos 21’, quando Gabriel Jesus recebeu sozinho na entrada da grande área e encobriu o goleiro quinzista. Placar final 4 a 1 para o time da capital.

Informar Erro

- Continue depois da Publicidade -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir