Trabalhadores fazem pintura de fachada em altura sem nenhuma segurança em Piracicaba

.

Foto: Você no PIRANOT

O leitor Juliano Ribeiro usou as redes sociais do PIRANOT ontem (22), para denunciar a falta de segurança de dois funcionários que faziam a pintura da fachada do Mercado Municipal, no centro de Piracicaba. A publicação dele rendeu mais de 300 likes, 32 compartilhamentos e 40 comentários em poucas horas.

O flagrante ocorreu na tarde de ontem e mostra que, além de estarem em uma altura considerável, os trabalhadores ainda subiam em uma escada para alcançar ainda mais alto. A revolta foi ainda maior já que recentemente um homem morreu no Uninorte após cair de uma plataforma onde executava a manutenção de uma máquina, conforme noticiamos na época.

De acordo com as leis vigentes no país, todo o trabalho a mais de dois metros de altura tem que ser realizado com o uso de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual), ou seja, cintos de segurança e capacete, além da autorização e supervisão de um técnico em segurança do trabalho.

Após a repecurssão do caso nas redes sociais, a Associação que administra o Mercado enviou ao PIRANOT uma nota. ““Com relação aos registros fotográficos, onde dois pintores estariam executando pintura na fachada externa do prédio, informamos que o referido serviço foi interrompido tão logo a Associação teve ciência da ocorrência e que estão sendo tomadas a medidas cabíveis em face da empresa que estava executando a pintura”, disse.

Informar Erro
Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes