Regras do Plano São Paulo de combate ao coronavírus passam a valer hoje (25) em Piracicaba

Piracicaba permanece na Fase Laranja, mas com as restrições da Fase Vermelha em dias úteis, após as 20h, e integralmente aos finais de semana e feriados

Piracicaba (SP) vai seguir as regras definidas na última sexta-feira (22) pelo Governo do Estado no Plano São Paulo de combate ao coronavírus. O município permanece na Fase Laranja, mas com as restrições da Fase Vermelha em dias úteis, após as 20h, e integralmente aos finais de semana e feriados.

Foto: Wagner Romano / Jornal PIRANOT

O prefeito Luciano Almeida assinou decreto que estabelece essas regras (decreto nº 18.600 – clique aqui), que passam a valer a partir desta segunda-feira (25) até o dia 07 de fevereiro.

A Fase Vermelha, a mais rígida, que será aplicada nos dias úteis das 20h às 6h, e integralmente aos finais de semana e feriados, só permite o funcionamento normal em setores essenciais, que incluem farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias e hotelaria. Outros comércios e serviços não essenciais só podem atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e entregas por telefone ou aplicativos.

Durante os dias úteis, de segunda a sexta, quando vale a Fase Laranja, academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, concessionárias, escritórios e parques estaduais podem funcionar por até oito horas diárias, com atendimento presencial limitado a 40% da capacidade e encerramento às 20h. A venda de bebidas alcoólicas no comércio varejista só pode ocorrer entre 6h e 20h. O consumo local em bares (atendimento presencial) está expressamente proibido.

Segundo o decreto municipal, eventos, convenções e atividades culturais podem ser realizadas com capacidade limitada a 40% e horário reduzido (8 horas) de segunda a sexta, após as 6h e antes das 20h.

No caso de igrejas, templos religiosos e afins, a capacidade é limitada a 30%, com limite máximo de 200 pessoas e funcionamento de segunda a sexta, após as 6h e antes das 20h.

Todas as atividades que causem aglomeração de pessoas estão expressamente proibidas e todos os segmentos devem continuar seguindo o protocolo sanitário geral, que obriga, entre outras coisas, o uso de máscara e fornecimento de álcool em gel 70% pelos estabelecimentos.

Informar Erro
Leia também