CASO HENRY | Pai do menino passa mal ao falar com jornalista: “Meu filhinho deve ter sofrido muito”

Leniel Borel de Almeida, pai de Henry, começou a passar mal ao saber da notícia da prisão da ex-mulher, Monique Medeiros, e do namorado dela, o vereador Dr. Jairinho. A informação é da TV Globo.

Foto: Reprodução

Segundo a emissora, o repórter Carlos De Lannoy, do “Jornal Nacional”, falava com o pai quando o mesmo passou mal e interrompeu a entrevista. “Esta infeliz matou meu filho. Meu filhinho deve ter sofrido muito”, disse pouco antes.

As sessões de tortura

Investigadores afirmam que o vereador do Rio agredia a criança com socos e chutes e que chegou a fazer uma sessão de tortura contra o menino. A mãe dele sabia e tentou não só apagar as provas como ameaçar as testemunhas para não contar o que sabiam para a polícia.

Informar Erro
Leia também