Piracicabano dono da Cosan, controladora da Raízen, tem fortuna estimada em R$ 4 bilhões

.

Foto: NBR

O piracicabano Rubens Ometto Silveira Mello, dono das multinacionais Cosan e Raízen, voltou para a lista dos homens mais ricos do Brasil segundo estudo da revista americana Forbes. Ele tem um patrimônio estimado em mais de R$ 4 bilhões.

Segundo a publicação, Ometto, que atua nas áreas de energia e infraestrutura, é o 35° mais rico do país, empatado com os empresários João Alves de Queiróz Filho, da Hypermarcas, e Lírio Parisotto, da Videolar- Innova.

Presente na lista desde 2013, em 2015 ele ficou fora após as ações de sua empresa perderem 62% do valor na Bolsa de Valores. Na época estimava-se seu patrimônio em quase R$ 8 bilhões.

Além de fabricar açúcar e etanol, as empresas de Ometto geram energia elétrica a partir da cana-de-açúcar. A Cosan é acionista/controladora da Raízen, joint venture de combustíveis formada com a Shell, da Rumo Logística, empresa que assumiu o controle da ALL (América Latina Logística), uma das principais concessionárias de ferrovias do Brasil, e da Comgás, concessionária do serviço de gás natural encanado que atua em 177 municípios de São Paulo.

O grupo de empresas de Ometto geram cerca de 30 mil empregos em todo o país e tiveram lucro líquido em 2016 de R$ 1,04 bilhão, o que representou um crescimento de 78,6% em relação ao ano anterior.

Informar Erro
Leia também