Piracicaba (SP): trabalhador que morreu na Esalq é identificado

Foi identificado como Derli Candido Pena, de 62 anos, o trabalhador que morreu picado por abelhas na tarde de hoje (29), na Fazenda Areão, em Piracicaba (SP). Ela pertence à Esalq/USP e é utilizada, principalmente, para pesquisas.

Foto: PIRANOT

Segundo informamos em plantão, o resgate do Corpo de Bombeiros e SAMU foram acionados para o socorro da vítima, mas ela morreu ainda no local. Não se sabe ainda se ela tinha alergia à picada de abelha.

Até esta publicação, 17h52, não havia ainda dados sobre velório e sepultamento de Derli Candido Pena.

A Fazenda Areão faz a divisa dos bairros Areão e Santa Rosa e tem acesso pelas rodovias Deputado Laércio Corte e Fausto Santomauro, que ligam Piracicaba as cidades de Limeira e Rio Claro, respectivamente.

Informar Erro
Leia também