Piracicaba (SP) tem apenas 75 leitos livres para COVID; média de ocupação das UTI’s passa dos 73%

Não foi informado quantos dos leitos são para o SUS, para onde a maioria das pessoas corre em casos de necessidade

A Prefeitura de Piracicaba (SP), divulgou ontem (15), a taxa de ocupação nas UTI’s e enfermarias dos hospitais que atendem o SUS e planos de saúde particular. A média total é de 60,2% de ocupação, porém não se anime: há apenas 75 leitos, ao todo, disponíveis, repetindo: no SUS e particular.

O balanço da prefeitura diz que a cidade, somando todos os hospitais, tem 220 leitos dedicados só para a Covid-19. 92 deles são UTI’s e 68 delas estão ocupadas e outras 24 livres. O índice é de 73,9% de ocupação. Já na enfermaria, são 128 leitos sendo que 77 estão ocupados e 51 livres. 60,2% de ocupação.

O Poder Executivo não informou, no entando, o que é muito importante: quantos desses leitos são do SUS e quantos particulares, pois muitos não tem plano de saúde e, em caso de necessidade, recorrerão a ele.

O balanço conta com dados dos hospitais Regional, Santa Casa, HFC e Unimed, além da nova UPA Piracicamirim, que é um semi-hospital.

Informar Erro
Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes