Piracicaba (SP): ex-vereadora Madalena foi assassinada violentamente; ainda não há suspeitos do crime

Crime foi na madrugada desta quarta-feira (07)

Conforme noticiamos mais cedo, a ex-vereadora Madalena foi encontrada morta dentro de sua residência no início da madrugada desta quarta-feira (07), em Piracicaba (SP). Segundo as informações da Polícia Militar, o corpo foi encontrado no sofá com sinais de morte violenta. Madalena tinha 64 anos e se tornou a primeira travesti eleita vereadora na história da cidade.

Foto: Reprodução/Facebook

De acordo com o Boletim de Ocorrência, um vizinho de Madalena foi quem encontrou o corpo no sofá da sala e acionou a polícia até a residência, localizada no bairro Boa Esperança. A testemunha disse que frequentemente visitava a ex-vereadora. Nesta noite, quando chegou, encontrou o portão somente encostado e, ao entrar na casa, viu o corpo de Madalena e o local todo revirado.

O resgate do Corpo de Bombeiros e o SAMU também foram acionados. O óbito foi constatado ainda no local pelo Dr. Ronaldo Moschini. Madalena foi assassinada violentamente, sua cabeça apresentava diversos ferimentos.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso foi registrado como homicídio e encaminhado para o Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) de Piracicaba (SP). Ainda não há suspeitos do crime.

Informar Erro
Leia também