Piracicaba (SP): DNA confirma que corpo encontrado pertence a Rafael Spínola

Após meses de angústia, o exame de DNA confirmou nesta terça-feira (09) que o corpo encontrado no bairro Santa Rosa pertence a Rafael Spínola

Na tarde desta terça-feira (09), a sobrinha de Rafael Spínola relatou que o exame de DNA deu positivo e que o cadáver encontrado no dia 04 de novembro de 2020, no bairro Santa Rosa, em Piracicaba, realmente pertence ao seu tio. O resultado do DNA ficou pronto nesta manhã.

Piracicaba (SP): DNA confirma que corpo encontrado pertence a Rafael Spínola
Foto: Arquivo Pessoal.

“Apenas para informar: o corpo encontrado no Santa Rosa foi confirmado que é do meu tio”, escreveu a sobrinha da vítima. “O resultado do DNA saiu hoje pela manhã.”

Com isso, o exame de DNA põe fim à angústia da família de Rafael Spínola, que dura desde meados de setembro de 2020, quando ele desapareceu.

O caso

Rafael Alcântara Spínola, de 39 anos, desapareceu no bairro São Judas, em Piracicaba, na sexta-feira, dia 18 de setembro de 2020. De acordo com familiares, Rafael Spínola saiu de casa por volta das 09h e nunca mais apareceu.

Já no dia 4 de novembro de 2020, um cadáver foi encontrado na região do bairro Santa Rosa. Em entrevista ao PIRANOT no dia 05, Roberta Spínola confirmou que fez um exame de DNA para reconhecer o corpo. “O estado de decomposição está avançado, mas o boné encontrado próximo dele é muito parecido com um que ele tinha”, comentou ela na época.

Rafael Spínola sofria de depressão e fazia uso de medicamentos.

Piracicaba (SP): DNA confirma que corpo encontrado pertence a Rafael Spínola
Foto: Facebook
Informar Erro
Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes