Paraquedista quebra recorde mundial ao saltar 115 vezes em Piracicaba (SP)

O recorde foi quebrado nesta segunda-feira (08)

O Aeroporto Pedro Morganti, em Piracicaba (SP), foi palco nesta segunda-feira (08) da quebra do recorde mundial feminino e masculino de saltos de paraquedas durante o dia. Isabella Castro Moreira saltou 115 vezes, das 06h às 19h30, tornando-se assim a detentora dessa façanha mundial.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Piracicaba

A outra paraquedista que participava do desafio, Julie Vidotti, teve que abandonar a prova após saltar 75 vezes, quando sofreu uma fissura no pulso durante uma aterrissagem. Ela foi atendida num hospital da cidade e passa bem.

O evento contou com a parceria da Prefeitura de Piracicaba e da Associação Brasileira de Paraquedistas (ABPQD). O feito foi acompanhado pelo Programa Esporte Espetacular da Rede Globo e deverá ser exibido nas próximas semanas.

Ainda eufórica pela façanha, Isabella disse que quando começou a saltar não tinha a noção de quanto o seu corpo iria aguentar e que recebeu uma injeção de ânimo quando sua companheira Julie, que abandonou a prova por causa de uma contusão, pediu para que ela não desistisse. “Fui sozinha no avião, só eu e o piloto e mesmo depois do escurecer não me deixei abater. Só pensava que eu fui escolhida pra representar as mulheres do Brasil e do mundo no dia delas. Dia 08 de março de 2021 em Piracicaba, SP”, comemorou a paraquedista.

O prefeito Luciano Almeida, um amante da aviação, que passou pelo aeroporto durante o dia, acompanhado pela esposa e presidente do Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba), Andréa Almeida, para incentivar as paraquedistas, disse estar feliz pela quebra do recorde. Ele parabenizou Isabella e Julie pela iniciativa, lembrando que o município sempre estará de portas abertas para eventos esportivos dessa natureza.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Piracicaba

Várias personalidades do paraquedismo vieram prestigiar a quebra do recorde em Piracicaba. Caso do atleta Luiz Henrique Tapajós Antunes dos Santos, o Sabiá, que detém o recorde masculino dessa categoria com 107 saltos. Para ele, a marca atingida por Isabella foi um feito histórico, resultado de uma excelente preparação física e mental. “Sinto uma alegria que não cabe no coração por ter trabalhado nos bastidores e contribuído para essa marca tão expressiva para o paraquedismo nacional”, comentou.

Outra presença que chamou a atenção durante o dia foi a da paraquedista veterana Mônica Edo, que veio pilotando o seu próprio avião de Campinas, um modelo utilizado na II Guerra Mundial, T-6, totalmente restaurado e que hoje integra a Esquadrilha Extreme e faz shows aéreos por todo o país.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Piracicaba
Informar Erro
Leia também