Paciente com coronavírus (Covid-19) recebe alta na Santa Casa de Piracicaba

O primeiro paciente a ser internado com o novo coronavírus (Covid-19) na Santa Casa de Piracicaba teve alta hospitalar nesta sexta-feira (17). Luiz Degaspari de 69 anos estava internado desde o dia 05 de abril, numa ala exclusiva do hospital destinada apenas a pacientes diagnosticados com Covid-19. No momento da alta hospitalar, a equipe de médicos e enfermeiros que cuidaram do paciente preparou uma despedida emocionante. Não faltaram aplausos e muita gratidão.

Foto: Divulgação.

Estiveram envolvidos no atendimento e participaram diretamente dos cuidados durante a internação dezenas de profissionais entre médicos intensivistas e clínicos, Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, além de enfermeiros e de toda equipe multiprofissional — fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos, assistentes sociais, psicólogos –, além da equipe de higienização e da manutenção.

De acordo com o infectologista e coordenador do Controle de Infecção Hospitalar da Santa Casa, Hamilton Bonilha de Moraes, o paciente recebeu alta devido à sua melhora clínica, porém o tratamento continua em casa em isolamento social. “O processo de recuperação dos pacientes acontece de duas formas: a ‘cura clínica’, quando não há mais sintomas da doença e a ‘cura microbiológica’, que é quando o organismo eliminou totalmente o vírus, algo que pode demorar mais para acontecer”, disse Hamilton ao explicar que isso varia muito de pessoa para pessoa. “Essa é uma doença grave onde o vírus pode permanecer na boca e no nariz por tempo prolongado, sem agredir mais o paciente, mas ainda com potencial de transmissão”, explica.

O provedor da Santa Casa, João Orlando Pavão exaltou o emocionante momento. “Com imensa alegria e satisfação redobrada, agradecendo aos dignos colaboradores do ‘front da Santa Casa’, verdadeiros guerreiros que deixam suas casas e com amor à profissão desempenham com galhardia o seu mister. Os parabéns a estes profissionais dedicados, incansáveis, competentes. Que o Deus todo poderoso os protejam e guardem sempre. Parabéns, meus guerreiros. Vamos em frente, vencer mais esta dificuldade que assola o mundo todo”, salientou.

Ao sair, o paciente se disse emocionado e que jamais irá esquecer da equipe que cuidou dele todos esses dias. “Minha gratidão eterna a esses anjos que não me deixaram um minuto sequer sozinho, que cuidaram de mim com toda dedicação e cuidado, obrigado.”

 

  • ESTAMOS NO INSTA — conheça e siga o PIRANOT também no Instagram. Clique aqui.
Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes