Número de manifestantes confirmados para domingo é 83% menor que em março

Foto: Valter Martins / Piracicaba em Alerta
Arquivo – Foto: Valter Martins / Piracicaba em Alerta

O número de pessoas que confirmaram presença pelas redes sociais no evento chamado de “Mega manifestação” contra a presidenta Dilma Rousseff, seu governo e partido, o PT (Partido dos Trabalhadores), em Piracicaba – SP, é 83% menor que se comparado com o mesmo protesto realizado em março deste ano.

O PiraNOT está acompanhando pelas redes sociais o movimento. Na cidade 10 mil pessoas foram convidados pelo Facebook, mas apenas 885 até o meio da tarde desta sexta-feira (14) haviam confirmado presença. 93 disseram que talvez iriam. Os números representam ser três vezes menor que os registrados em março quando cinco mil disseram que iam. Na ocasião a Polícia Militar (PM) afirmou que desse número, apenas três mil compareceram.

Diante do agravamento da crise econômica e politica que enfrenta o país, os manifestantes vão as ruas exigir a saída de Dilma. Eles pedem o impeachment, que é aquela situação onde o presidente é caçado e o vice assume. No caso, Michel Temmer, do PMDB. Vale lembrar que ele é do mesmo partido que os presidentes da Câmara e do Senado, ambos investigados pela Lava Jato.

Além da saída da presidenta, os manifestantes querem repudiar o ajuste fiscal que, segundo eles, “passa a conta do governo para o cidadão”.

Para participar as pessoas devem se vestir de verde e amarelo e ir às 9 horas da manhã de domingo (16) até a Praça Central, a José Bonifácio, onde dará início a uma caminhada saindo pela Rua Boa Morte, virando nas ruas Dom Pedro II e Governador Pedro de Toledo onde um acesso a praça será pego e o evento encerrado.

Em Americana – SP 2,7 mil devem ir para o protesto. Já em Rio Claro – SP pouco menos de 500.

POLICIAMENTO – A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Semuttran) e a Guarda Civil (GC) informaram que trabalharão em conjunto com a PM para garantir a ordem do patrimônio público e a fluidez no trânsito na região do protesto. Cerca de 15 agentes orientarão o trânsito nas imediações da praça, inclusive sobre novos trajetos, devido a grande concentração de veículos e máquinas pesadas do setor agrícola.

Informar Erro
Leia também