Mulher morta em Piracicaba (SP) tinha 31 anos e deixa três filhos

Foi identificada a mulher morta com uma arma branca na noite de ontem (24), no Javarí, zona norte de Piracicaba (SP), conforme informamos em plantão. Ela tinha 31 anos e quem cometeu o crime é uma outra mulher, que está foragida.

Foto: Facebook

Segundo o Grupo Bom Jesus, Gislaine Alves Pereira era filha de Elio Alves Pereira e Adina Santos Pereira. Ela deixa os filhos Raiane Gabriele Alves Coelho, Emelly Vitoria Alves Rosati e Alison da Silva Sirino Junior. O sepultamento será hoje às 15h, após velório na sala 02 do Cemitério Municipal da Vila Rezende.

O crime

Para a polícia, outros moradores da região informaram que a vítima foi encontrada caída sangrando na Rua Araça. Acionado, o Corpo de Bombeiros enviou ao local viaturas e um médico, que constatou o óbito pouco depois do atendimento se iniciar.

Segundo a polícia, a arma branca usada foi uma garrafa quebrada, que perfurou uma região do corpo conhecida como “mata porco” (nome técnico: ferimento na artéria axilar direita), provocando um grave sangramento incontrolável.

Ainda segundo a polícia, o homicídio ocorreu após uma briga das duas mulheres em uma via do bairro. A autora do crime teria apanhado da vítima e, se sentindo humilhada, se vingou. Essa suspeita será investigada pela Polícia Civil.

Até este momento, a autora do crime não foi presa.

Informar Erro
Leia também