Morte de mãe e filha atropeladas por motorista bêbado gera comoção e revolta em Piracicaba (SP)

Elas morreram no último domingo (09)

Valquíria Cordeiro dos Santos, de 45 anos, e sua filha Thainara Cordeiro dos Santos, de apenas um ano, foram sepultadas às 16h30 desta segunda-feira (10), no Cemitério Municipal da Vila Rezende. Mãe e filha morreram atropeladas na tarde do último domingo (09), após o carro conduzido por um pintor de 51 anos invadir a calçada em que as duas estavam. O acusado estava bêbado.

Foto: Reprodução/Internet

A morte da mãe e filha gerou comoção e revolta em Piracicaba (SP). A família da vítima, amigos e até mesmo a população pedem Justiça por elas. Segundo a polícia, o motorista que causou o acidente tinha bebido, está internado sob escolta e será preso em flagrante pelo duplo homicídio e embriaguez ao volante assim que receber alta.

“Que tristeza! Espero que o elemento alcoolizado e bêbado apodreça na cadeia. Meus sentimentos a família”, comentou uma leitora do jornal.

“Nossa revoltada, todo dia acontece um acidente, a maioria por esses irresponsáveis bêbados q não tem um pingo de noção e continuam bebendo e saem dirigindo embriagado colocando a vida de outras pessoas, crianças, em risco, affs deveria ter pena máxima pra esses tolos, e ainda se acha o machão e continua fazendo, até matar ou atropelar alguém”, desabafou outra leitora.

Daniel Ramalho dos Santos, marido e pai das vítimas, usou suas redes sociais para expressar sua tristeza e dor. “Eu perdi duas pessoa mais querida do mundo. Minha esposa é minha pequena nenê. Valquíria e Thainara foram morar com com Deus”, publicou ele.

O caso

O caso ocorreu por volta das 15h30, na Avenida Roma, bairro Santa Terezinha, em Piracicaba (SP). Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), uma testemunha relatou que condutor estava “testando” o veículo na avenida, e em determinado momento perdeu o controle, subindo na calçada e atingindo a mulher que passava com a criança no colo.

Segundo a Polícia Militar, a criança chegou a ser socorrida até a UPA da Vila Sônia, mas não resistiu e chegou sem vida. A mulher morreu ainda no local do acidente. Thainara completaria dois anos no dia 19 deste mês.

O condutor do carro foi socorrido ao HFC (Hospital dos Fornecedores de Cana), onde permanece internado sob escolta policial. O delegado Gillys Esquitini Scrocca determinou a prisão em flagrante pelo duplo homicídio e embriaguez ao volante.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, ele relatou aos bombeiros que testava seu veículo quando o carro apresentou problemas nos freios, subiu na calçada e atropelou as vítimas. Como estava com suspeita de embriaguez, ele aceitou fazer o teste do bafômetro, que resultou em 0,33 miligramas de álcool por litro de ar. A atual legislação estabelece o máximo de 0,05 miligramas. O carro foi apreendido.

A vítima Valquíria Cordeiro dos Santos era casada com Daniel Ramalho dos Santos. Ela deixa o marido e os filhos Moisés Alexandre Cordeiro dos Santos e Tainá Cordeiro dos Santos.

 

 

 

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também