Maus-tratos: calopsitas e tartarugas são resgatadas doentes em Piracicaba

Na casa havia dezenas de animais confinados, entre eles cachorros, gatos, pássaros, tartarugas e coelhos

Por meio de uma denúncia, a protetora de animais Alessandra Belucci foi até a Rua Professor Benedito Rodrigues de Moraes e resgatou calopsitas e tartarugas que estavam doentes e vivendo em condições de maus-tratos. O caso aconteceu esta semana no bairro Jardim Esplanada, em Piracicaba.

Foto: Maycon Barbon

Segundo informações da protetora, ela recebeu uma denúncia de que em uma casa havia dezenas de animais confinados, entre eles cachorros, gatos, pássaros, tartarugas e coelhos. Ela foi ao local verificar a veracidade do caso e constatou que os animais viviam em condições de maus-tratos. Os únicos mais cuidados eram os cachorros, eles estavam soltos, limpos, castrados e bem alimentados.

Na residência, foi localizado um aquário imundo com três tartarugas da espécie Cágado vivendo o tempo todo na água totalmente poluída, sem sol e sem área seca. No local também foi encontrado um coelho preso em uma gaiola para Hamster, inúmeros pássaros e três gatos.

A protetora, juntamente com o Pelotão Ambiental, a Guarda Civil Municipal e uma veterinária, constataram os maus-tratos e apreenderam cinco calopsitas doentes e as tartarugas. Orientações foram passadas aos proprietários do imóvel sobre os cuidados que deveriam adotar com os outros animais. A construção de um viveiro para as aves foi solicitada.

Alessandra afirmou que nos próximos dias vai até o local averiguar se os gatos e o coelho estão recebendo os devidos cuidados depois das orientações.

Os animais apreendidos foram levados para um local adequado e estão recebendo os cuidados necessários.

Mais fotos

Foto: Maycon Barbon
Foto: Maycon Barbon
Foto: Maycon Barbon
Foto: Maycon Barbon
Foto: Maycon Barbon
Foto: Maycon Barbon
Foto: Maycon Barbon

Local onde os animais foram levados

Foto: Maycon Barbon
Foto: Maycon Barbon
Foto: Maycon Barbon

 

Informar Erro
Leia também