Homem de Piracicaba é cobrado por crediários que não fez

.

Um administrador de 33 anos procurou a polícia de Piracicaba após receber cartas de cobrança de dívidas feitas em seu nome. Ele, que mora na Vila Rezende, alega não ter as feito. As contas quase chegam juntas ao valor de R$ 19 mil.

Segundo boletim de ocorrência, a vítima recebeu uma carta do “SPC” dizendo que seu nome iria ser negativado pela falta de um pagamento de R$ 796,14. Ao ligar para a empresa que acionou o órgão, ele constatou que se tratava de apenas uma de 20 parcelas de mesmo valor.

Ainda segundo o documento, o administrador já havia recebido outra carta de uma dívida de R$ 1,8 mil e alega que não a fez. Ele suspeita que algum impostor esteja usando o seu nome.

Informar Erro
Leia também