Guardas civis de Piracicaba (SP) começam a ser vacinados contra a Covid-19

A expectativa é que todos tomem a primeira dose do imunizante ainda nesta semana

Os guardas civis de Piracicaba (SP) começaram a receber a vacina contra a Covid-19 nesta segunda (05), no 10º Batalhão de Polícia Militar do Interior, em sistema drive-thru. No local, todos os agentes de segurança pública elegíveis de Piracicaba e de outros dez municípios da região recebem o imunizante. A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, disponibilizou duas técnicas para auxiliar na organização e conservação das vacinas.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Piracicaba

Ao todo, 429 guardas-civis do município na ativa receberão a vacina. A expectativa é que todos tomem a primeira dose do imunizante ainda nesta semana. Segunda foram vacinados 50 profissionais e ontem (06), mais 100. Eles vão até o 10º Batalhão durante o próprio turno, com exceção daqueles que atuam no período noturno, que então participam da campanha durante o dia.

“Vejo como fundamental a imunização dos guardas-civis para dar sequência ao nosso trabalho de fiscalização em contato direto com a população, como durante as ocorrências, as abordagens e revista pessoal. Temos ainda os guardas que trabalham nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) que estavam receosos, mas agora, com certeza, vão sentir-se seguros. É muito positiva essa atitude do governo do Estado e agradeço a receptividade da Polícia Militar que está organizando a campanha no município”, ressalta o comandante da Guarda Civil, Sidney Miguel da Silva Nunes.

Os profissionais de segurança pública de Piracicaba e também dos municípios de Charqueada, Águas de São Pedro, São Pedro, Santa Maria da Serra, Saltinho, Mombuca, Rio das Pedras, Rafard, Elias Fausto e Capivari devem comparecer ao batalhão munidos de identificação funcional na rua Américo Vespúcio, 300, bairro Algodoal, em Piracicaba, com o pré-cadastro realizado no endereço eletrônico www.vacinaja.sp.org.br. A campanha ocorre até o dia 12/04.

A vacinação deles ocorre nas unidades da Polícia Militar no Estado com objetivo de evitar aglomerações nos postos públicos de saúde, onde o restante da população recebe a vacina contra a Covid-19. A campanha conta com a parceria da Unimed e Apas (Associação Policial de Assistência à Saúde) de Piracicaba, que disponibilizam profissionais habilitados para realizar a aplicação das vacinas.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Piracicaba

ALIMENTOS – Durante a campanha, o 10º Batalhão de Polícia Militar do Interior realiza ainda arrecadação de alimentos junto aos profissionais que serão vacinados, que serão doados às famílias em vulnerabilidade social da região. Cada profissional é convidado a levar 1 kg de alimento (arroz, feijão, açúcar, óleo ou macarrão) no dia em que receber a vacina.

ESTADO – De acordo com o Governo do Estado de São Paulo, ao todo 180 mil profissionais de segurança pública do Estado serão vacinados contra a Covid-19. São profissionais da ativa das polícias Civil, Militar e Técnico-Científica, Corpo de Bombeiros, Agentes Penitenciários, guardas civis Metropolitanos, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e da Fundação Casa. A coordenação da campanha é feita pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, que montou estrutura para imunizar os agentes em 82 postos de vacinação vinculados a unidades da Polícia Militar. Desses, seis estão na região de Piracicaba.

 

Informar Erro
Leia também