Força-tarefa contra pornografia infantil prende dois homens em Piracicaba

Após prestarem depoimento, ambos foram liberados

- PUBLICIDADE -

O Grupo de Operações Especiais (GOE), do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais), e o DEINTER 9 (Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior), de Piracicaba, prendeu, na última sexta-feira (06), duas pessoas na cidade. Elas são acusadas de crimes cibernéticos de conteúdo pornográfico infanto-juvenil. A força-tarefa teve o nome de “Luz da Infância”.

Em nota, a Polícia Civil deu detalhes. “Na circunscrição de Piracicaba os trabalhos se deram no cumprimento de Mandados de Busca Domiciliar, expedidos pela Comarca de São Paulo, em desfavor de dois moradores da cidade.”, disse.

Para essas diligências foram designados policiais civis do GOE, do DEIC e da Unidade de Inteligência do DEINTER 9, os quais, devidamente autorizados pelo Poder Judiciário, acessaram os dispositivos eletrônicos localizados nos imóveis e de uso dos investigados. “Em ambos os casos, não foram localizados arquivos, softwares ou outro rastro digital que pudesse, num primeiro momento e de maneira menos aprofundada, atribuir aos investigados condutas definidas na legislação como crimes, tais como armazenamento, compartilhamento e desenvolvimento de material digital de caráter pornográfico infanto-juvenil.”.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os investigados foram encaminhados para a sede do DEIC para prestarem informações e, em seguida, foram dispensados. O material eletrônico arrecadado nas residências foi encaminhado para perícia apropriada, onde serão submetidos à investigação mais pormenorizada.

Ainda de acordo com a nota, “na hipótese de revelação de arquivos e programas ocultados nas memórias de algum dos componentes apreendidos, cujo conteúdo seja de cunho ilícito, restará materializada a tese original da investigação e aos investigados poderão ser imputadas as condutas delituosas previstas no E.C.A. (Estatuto da Criança e do Adolescente), e no Código Penal Brasileiro.

Esta foi a sétima fase da operação “Luz da Infância”. Os resultados foram encaminhados aos órgãos do Poder Público que integram a força-tarefa.

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir