Estado suspende temporariamente vacinação para gestantes com comorbidades

Grávidas com comorbidades, que realizaram o agendamento, não devem comparecer ao Ginásio Municipal hoje

A Prefeitura de Piracicaba (SP), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informa que o Plano Estadual de Imunização (PEI), do Governo do Estado de São Paulo, suspendeu, temporariamente, a vacinação contra Covid-19 de gestantes com comorbidade, que começaria hoje (11).

No município, esse grupo teve o agendamento realizado para hoje, a partir do período da tarde. Mas, devido à decisão estadual, as grávidas com comorbidades não devem comparecer ao Ginásio Municipal de Esportes Waldemar Blatkauskas.

A decisão do Estado tem como base comunicado da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) emitido na noite de ontem, 10/05, a respeito da vacina da AstraZeneca/Fiocruz (confira o comunicado na íntegra aqui). De acordo com o Estado, novas orientações serão comunicadas após pareceres técnicos do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde e da Anvisa.

A vacinação contra Covid-19 segue normalmente para todos os demais grupos, que incluem puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) com comorbidades, pessoas com síndrome de Down, pessoas com 60 anos ou mais, profissionais da saúde e profissionais de educação.

A SMS reforça que as pessoas devem chegar ao Ginásio com 5 minutos de antecedência, em média. A Pasta informa ainda que todas as pessoas com horário agendado no site VacinaPira têm a dose da vacina garantida, pois a vaga na plataforma só é disponibilizada conforme a chegada do imunizante no município.

ZONA RURAL – Pessoas com 60 anos ou mais que residem na Zona Rural, nos bairros Anhumas, Ártemis, Tupi, Ibitiruna, Santana, Santa Olímpia e Tanquinho, serão vacinados na unidade de saúde do respectivo bairro e não precisam fazer o agendamento. Para isso, devem levar comprovante de residência em seu nome ou declaração e CPF.

DOAÇÃO DE ALIMENTOS – Com a centralização da vacinação no Ginásio Municipal de Esportes Waldemar Blatkauskas, a Prefeitura de Piracicaba iniciou campanha de doação espontânea de alimentos. A doação não será obrigatória, mas quem for ao Ginásio para receber sua dose da vacina, pode colaborar com a doação de alimentos não-perecíveis que irão para o Bancos de Alimentos do Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba (Fussp) para compor cestas básicas que serão entregues a famílias em vulnerabilidade social.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também