Em Piracicaba (SP), oito estabelecimentos comerciais são interditados

A força-tarefa realizou 55 inspeções e interditou oito estabelecimentos por desrespeito aos protocolos de prevenção à Covid-19

A força-tarefa criada pela Prefeitura de Piracicaba (SP) para coibir o desrespeito aos protocolos de prevenção à Covid-19, formada por representantes do Cevisa (Centro de Vigilância em Saúde), Secretaria de Finanças, Guarda Civil (Pelotão Ambiental e ROMU) e Polícia Militar, realizou entre os dias 16 e 20 de fevereiro, 55 inspeções em estabelecimentos comerciais. Do total, oito foram interditados e obrigados a encerrar as atividades de imediato.

Dois bares localizados na Rua José Pinto de Almeida, próximos a Escola Estadual Prudente de Moraes, devem receber nos próximos dias um auto de infração, por permitirem a aglomeração de pessoas em mesas sobre as calçadas, durante ocorrências registradas no último final de semana.

Os referidos bares, possuem autorização para explorar as mesas sobre as calçadas, porém não têm respeitado o distanciamento mínimo de cada mesa, promovendo aglomeração de pessoas nestes locais, desrespeitando assim as orientações da força-tarefa criada no município para conter esses excessos. Após autuação, os proprietários dos estabelecimentos estarão sujeitos à multa.

Informar Erro
Leia também