Em Piracicaba (SP), mulher é presa por crime de maus-tratos contra animais

O crime de maus-tratos contra animais, como manda a lei, é crime inafiançável. Oito cachorros foram resgatados

Uma mulher foi presa na tarde desta segunda-feira (08), em Piracicaba (SP), acusada de crime de maus-tratos contra animais. Oito cachorros foram resgatados da residência pela Guarda Civil Municipal (GCM) e levados temporariamente a um abrigo de animais.

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

De acordo com a GCM, após várias denúncias de maus- tratos a cachorros, a equipe foi até o local no bairro Vila Sônia e logo identificou uma Pitbull em meio as próprias fezes, sem água e sem comida. Os guardas tentaram algum contato na residência, mas ninguém atendeu. Na sequência, eles foram então até agropecuária da acusada e a localizaram.

Ela acompanhou os guardas e dois veterinários até a casa e autorizou a entrada deles. No interior da residência, dois cães estavam “em tratamento” devido a doenças causadas por má higiene e vivendo em meio a fezes e urina, sem água e comida.

No quintal, de aproximadamente 2×4 metros, dois cães da raça Malinois, dois Shitzu e um filhote de Pitbull, ficavam sob sol e chuva, também sem comida e sem água.

Diante da situação, os veterinários confirmaram o crime de maus-tratos. A mulher foi presa em flagrante (como manda a lei, crime inafiançável) e os cachorros recolhidos ao abrigo.

Fotos

Foto: Wagner Romano / PIRANOT
Foto: Wagner Romano / PIRANOT
Foto: Wagner Romano / PIRANOT
Foto: Divulgação/GCM
Foto: Divulgação/GCM
Foto: Divulgação/GCM

Informar Erro
Leia também