Em Piracicaba, região do Vila Sônia ganhará novo Centro de Atendimento Socioeducativo

Um novo Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) será construído na região do bairro Vila Sônia, próximo aos empreendimentos habitacionais Vem Viver, Piracicaba 1, 2 e 3 e Ipês Amarelo, Roxo e Branco. A limpeza do terreno, com movimentação de terra, começou esta semana como primeira atividade da obra. A unidade será construída pela pela Construtora Quality, que ganhou a licitação e receberá o investimento de R$ 607.619,17 da Prefeitura. O prazo de execução é de 180 dias.

Foto: Divulgação.

Localizado entre duas escolas municipais existentes (Escola de Ensino Fundamental “Professora Tercilia Bernadete Sanches Costa” e Escola de Educação Infantil “Prof. Haldumont Nobre Ferraz”), o prédio contará com 442 m2 de área construída, em um terreno com cerca de 1.680 m2. Serão quatro salas de atividades, cozinha, despensa, refeitório, depósito de materiais de limpeza, sanitário e vestiário para funcionários, sala de coordenação, lavabo, almoxarifado, conjunto sanitário feminino, conjunto sanitário masculino, sanitário para pessoas com deficiência e varanda coberta. O endereço é Rua Gemeli Zaia, equina com Rua Jacob Moschini – Loteamento Vem Viver I.

Para o Prefeito Barjas Negri, a construção traduz a preocupação da administração na proteção dos direitos da criança e do adolescente. “Nós investimos em escolas, em saúde e em serviços que complementem a formação de crianças e adolescentes. Este equipamento vem se somar a outros que implementamos nesta região da cidade, onde moram pessoas que muito precisam”, afirmou Barjas.

Eliete Nunes, titular da Smads, disse que a construção vem ao encontro dos anseios da população. “É uma reivindicação da população e também foi elencada como deliberação de mais de uma Conferência da Assistência Social. Com esta construção, será possível atender as comunidades do entorno, neste Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, no período do contraturno escolar. É a oportunidade das crianças desenvolverem suas habilidades e sua autonomia, colaborando na qualidade de vida destas pessoas”, disse Eliete.

Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE)

O Serviço de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) em parceria com Associação Atlética Educando pelo Esporte, atende diariamente crianças e adolescentes entre seis e 15 anos de idade em situação de vulnerabilidade social, prioritariamente aquelas que se encontram em situação de trabalho infantil, inserindo-as no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), do Governo Federal.

O serviço tem capacidade para atender cerca de 1.100 crianças e adolescentes/mês, disponibilizando espaços de referência para o convívio grupal, comunitário e social e o desenvolvimento de relações de afetividade, solidariedade e respeito mútuo. Possibilita a ampliação do universo informacional, artístico e cultural de crianças e adolescentes, bem como estimula o desenvolvimento de potencialidades, habilidades e talentos.

O trabalho visa momentos de promoção da socialização e aprofundamento dos relacionamentos, oferecendo aos participantes a vivência de espaços coletivos de diálogo, respeito à opinião e a valores do outro. No atendimento são trabalhados temas de interesse das crianças e adolescentes.

Informar Erro
Leia também