Em Piracicaba, morte de professor de 37 anos causa comoção entre amigos e alunos

A morte do professor Guilherme Mei Silva, de 37 anos, que ocorreu na manhã desta quinta-feira (29), causou bastante comoção entre seus amigos e alunos da Escola Mellita Lobenwein, em Piracicaba (SP). Guilherme foi encontrado morto em sua casa, por volta das 07 horas, na Rua Visconde do Rio Branco, bairro Cidade Alta.

Policiais militares foram acionados à residência do professor após tomarem ciência de que ele se encontrava morto no local. Ali chegando, encontraram Guilherme já sem vida, caído próximo ao quintal. O médico do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Doutor Perci, compareceu no local e constatou o óbito imediatamente. A perita e o fotógrafo policial também estiveram na residência.

Nas redes sociais, uma amiga comentou. “Hoje estamos de luto pelo Prof. Guilherme Mei Silva, vc se foi e vamos sentir sua falta. Descanse em paz!”

“Ainda sem acreditar… Tão cheio de energia, de vida… As lembranças são de muita risada, alegria e alto astral! Obrigada pelos ensinamentos, querido professor… descanse em paz e que Deus conforte o coração de toda família e amigos”, comentou outra amiga.

Uma funcionária da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) também escreveu na rede social Facebook. “Com muita tristeza, informamos aos amigos o falecimento do ex-aluno Guilherme Mei Silva.”

Uma aluna de Guilherme comentou que na Escola Mellita Lobenwein, onde ele lecionava, a tristeza foi tanta que as aulas foram suspensas. “A escola Mellita não teve aula hoje. Eu fiquei chocada quando o professor da escola nos comunicou da morte, gostava muito dele”.

Professor de 37 anos é encontrado morto em sua casa, em Piracicaba

Informar Erro
Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes