Em Piracicaba, exposição sobre Thales Castanho de Andrade acontece até 07 de outubro

O escritor piracicabano Thales Castanho de Andrade é conhecido como pioneiro da literatura infanto-juvenil no Brasil

Conhecido como pioneiro da literatura infanto-juvenil no Brasil, o escritor piracicabano Thales Castanho de Andrade está sendo homenageado pela Câmara de Vereadores de Piracicaba. A exposição é virtual e marca os 130 anos de nascimento do escritor.

A exposição é virtual devido à pandemia do coronavírus (Covid) e pode ser acessada tanto pelo site da Câmara de Vereadores de Piracicaba quanto por este link << thalescastanhodeandrade.myportfolio.com >>. A exposição fica disponível até o dia 7 de outubro.

THALES CASTANHO DE ANDRADE — Autor de 47 livros publicados, Thales nasceu em Piracicaba no dia 15 de setembro de 1890 e faleceu em outubro de 1977. Presidiu o XV de Piracicaba e o Centro do Professorado Piracicabano, e também exerceu o cargo de vereador no ano de 1924. Na área da educação, o escritor deu início ao movimento “Guerra Alfabetizadora”, movimento precursor das investidas para a alfabetização de adultos. A biblioteca infantil municipal foi batizada com o nome do escritor devido a significativa contribuição do homenageado para a educação.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O Departamento de Documentação e Transparência da Câmara é responsável pela exposição sobre a vida do escritor, cujas obras mais conhecidas são os livros “Saudade” e “A Filha da Floresta”. “Quando temos datas redondas em relação a figuras importantes, não podemos deixar passar em branco, temos que fazer uma atividade que valorize e destaque a obra dessas pessoas”, comentou Bruno Didoné, diretor do Departamento de Documentação.

Para o vereador Pedro Kawai, vice-presidente da Câmara, Thales Castanho de Andrade foi um escritor muito à frente do seu tempo que, há mais de cem anos, já mostrava o quanto o meio ambiente e a literatura podem ajudar na conscientização das pessoas. “A Câmara tem o papel importante de reconhecer isso, porque a Casa tem o papel de representar o povo e mostrar para população quem foram os piracicabanos ilustres, a importância que é a cultura, a formação e dar visibilidade a tudo isso”, afirmou.

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir