Em Piracicaba, ampliação de direitos a portadores de fibromialgia é aprovada em 1º turno

A Câmara de Vereadores de Piracicaba aprovou o projeto em 1º turno. Agora ele está a uma votação de ser enviado à Prefeitura para se tornar lei

- PUBLICIDADE -

A ampliação de direitos aos portadores de fibromialgia foi aprovada em primeira discussão pela Câmara de Vereadores de Piracicaba, nesta quinta-feira (08). Com isso, o projeto de lei complementar 9/2020 está a uma votação de ser enviado à Prefeitura para se tornar lei aqui em Piracicaba.

A fibromialgia é uma doença que provoca dores contínuas em todo o corpo. Agora, a proposta estende aos portadores da doença o mesmo direito já conferido aos indivíduos com deficiência em filas preferenciais de atendimento e no uso de vagas reservadas (correspondentes a 2% do total) de garagens e estacionamentos de uso público e privado, nas áreas externas ou internas das edificações, e sinalizadas com o símbolo internacional de acesso.

MAIS PROJETO APROVADO — A Câmara de Vereadores de Piracicaba também aprovou, nesta quinta-feira (08), o projeto de lei complementar 3/2020, que proíbe a colocação de vasos e floreiras que impeçam o escoamento de água nos cemitérios de Piracicaba. Como esses vasos não permitem escoamento de água, acabam se tornando uma prática propícia à proliferação do mosquito da dengue. O veto também se aplica a buquês acondicionados em sacos plásticos ou outro material que retenha água.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir