Desde o começo do ano, piracicabanos pagam R$ 860 milhões em impostos

Nesta terça-feira (12), o Impostômetro da ACSP (Associação Comercial de São Paulo), registrou a marca de R$ 1 trilhão em impostos arrecadados desde o começo do ano. O montante foi aferido 15 dias antes do que em 2013, o que demonstra o aumento de cargas tributárias no comparativo entre os dois anos. Desse total, R$ 860 milhões, 0,08% do total acumulado foi arrecadado do bolso dos piracicabanos.

CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE

- Continue depois da Publicidade -

Com o aumento da arrecadação dos impostos, o presidente da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), Angelo Frias Neto, se diz preocupado com a competitividade das empresas brasileiras no exterior. “É direito de todo cidadão estar ciente das mudanças na economia, já que afetam o dia-a-dia de todos. Importante o executivo e os legisladores terem consciência de que quando criam ‘novos benefícios’ devem pensar de onde virão os recursos e se eles existem, pois o peso da atual carga tributária deixa as empresas brasileiras em inferioridade na competição global, provocando nossa desindustrialização ”, declarou.

Informar Erro

- Continue depois da Publicidade -

Leia também

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir