Prefeito de Piracicaba diz que dará ‘kit preventivo’ contra COVID

Cloroquina, remédio contra piolhos? Prefeitura e prefeito não falaram quais

Reportagem publicada nesta sexta-feira (15), pelo Correio Popular, afirma que o prefeito Luciano Almeida (DEM), distribuirá medicamentos sem eficácia comprovada contra a COVID-19 no SUS de Piracicaba (SP). A mesma reportagem diz que a assessoria do político não comentou as declarações.

Segundo o Correio, Almeida decidiu distribuir os medicamentos que, segundo ele, serviriam para “prevenir” já a partir de segunda-feira. Ele não soube dizer quais medicamentos seriam distribuídos nem a frequência, mas fez um alerta. Nas redes sociais, Cloroquina e remédios usados para piolho foram cogitados, todos já descartados CIENTIFICAMENTE no combate a doença. “Ninguém é obrigado a tomar e a entrega será feita apenas com prescrição médica”, afirmou o prefeito. “Nós acreditamos que isso (os remédios) seja uma alternativa a mais para a sociedade”, disse ele. “Mas paciente precisa concordar e o médico receitar”, reforçou.

Ainda segundo a reportagem, o prefeito não obrigará o uso. A Prefeitura de Piracicaba, através de seu site, não tem nenhuma informação sobre esse medicamento.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também