Cetesb proíbe descarte de resíduos no Ecoparque de Piracicaba (SP), gerido pela Ambiental

Ecoparque não tem mais área suficiente para o armazenamento de resíduos, segundo Cetesb

A Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) proibiu, temporariamente, o recebimento de resíduos sólidos na CTR Palmeiras (Central de Tratamento de Resíduos) – Ecoparque . De acordo com documento expedido pela Cetesb, hoje, a CTR não possui “áreas suficientes, em condições ambientalmente adequadas para o armazenamento desses resíduos”. Com a determinação do órgão fiscalizador do Estado, a Prefeitura não tem, neste momento, local para destinar os resíduos, o que vai sobrecarregar os Ecopontos.

CTR Palmeiras – Ecoparque não tem mais área suficiente para o armazenamento de resíduos, segundo Cetesb. Foto: Prefeitura de Piracicaba (SP)

De acordo com Marcos Yassuo Kamogawa, secretário de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), a decisão vai impactar na gestão dos resíduos no município e preocupa. “A Ambiental começou a receber rejeitos de uma grande empresa e encheu o seu pátio. A Prefeitura já iniciou as tratativas para garantir que a Ambiental volte a prestar os serviços que constam no contrato o mais breve possível”, ressaltou o secretário.

Segundo Kamogawa, por enquanto, os resíduos terão de permanecer nos ecopontos, por isso, é necessária a colaboração da população para que faça o descarte correto nesses equipamentos, de apenas 1 m3 diário por munícipe. No último mês, a Prefeitura realizou a limpeza dos Ecopontos do Santo Antonio e do Jardim Oriente, dos quais foram retiradas mais de 750 toneladas.

Segundo o documento da Cetesb, o recebimento de rejeitos pela CTR só será possível assim que a Piracicaba Ambiental regularizar a situação. Para isso, terá de comprovar o atendimento às exigências técnicas constantes no auto de infração e comprovar que possui áreas suficientes e em condições adequadas para o armazenamento, bem como comprovar que possui estratégias para a pronta destinação final desses resíduos, sem causar problemas de poluição ambiental.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também