Agência bancária de Piracicaba (SP) é interditada após surto de casos de coronavírus

Após denúncia de casos de Covid-19 na agência Banco do Brasil Empresa, na Praça José Bonifácio, o Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região (Sindban) convocou o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) para uma vistoria conjunta. O próprio gerente da agência Fernando Luiz Machado, não estava no momento da fiscalização pois tinha ido fazer o teste de covid.

Foto: Divulgação

Segundo o presidente do Sindban, José Antonio Fernandes Paiva “foram confirmados seis casos de covid-19, mais dois casos suspeitos. O número é muito alto considerando que a agência possui 19 trabalhadores (as). Nossa atitude é de protegermos a vida dessas pessoas, de seus familiares e dos clientes”, comentou.

Por conta dessa situação, os fiscais do Cerest lavraram um termo de interdição, justificando a medida “em virtude de risco grave e iminente de infecção dos trabalhadores ao coronavírus devido à ocorrência de surto e não realização de higienização por nebulização e esterilização do ambiente de trabalho”.

Para reabertura da agência, o Cerest exige a apresentação dos testes de todos os trabalhadores expostos, a relação dos empregados confirmados e suspeitos de contrair a doença, bem como o comprovante da higienização do local.

Enquanto a documentação exigida não for entregue ao Cerest, os empregados trabalharão em sistema Home Office.

Informar Erro

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo.

Leia também