Acusados de mutilar cães são soltos um dia após prisão, em Piracicaba

.

O casal preso em Piracicaba na segunda-feira (30), durante uma visita do deputado estadual Bruno Lima (PSL), acusados de mutilar orelhas de cães da raça pit-bull para a venda, foi solto após audiência de custódia, ontem (01).

Foto: Wagner Romano / PIRANOT

Segundo apurou o PIRANOT, o casal ficou preso na segunda, mas na audiência de custódia, que todos os presos passam antes de irem para o presídio, dado a eles cumprirem algumas exigências, como ser réu-primário, ter residência própria, e outros, uma fiança, que não foi paga.

No final da audiência de custódia, o juiz autorizou a soltura do casal para responder em liberdade.

Informar Erro

- Continue depois do anúncio -

Leia também

“Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda.” Prosseguir Mais detalhes