Acipi pede que Prefeitura de Piracicaba (SP) isente impostos municipais para ajudar empresários

Na tarde de ontem (22), horas antes do prefeito Luciano Almeida (DEM), anunciar um lockdown em Piracicaba (SP), a partir de sábado (27), a Prefeitura recebeu um ofício pedindo a diminuição na cobrança de impostos, visando ajudar os empresários do munícipio fragilizados com a pandemia.

Foto: Júnior Cardoso / PIRANOT

O pedido partiu da Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (ACIPI). No documento, é solicitado a isenção do pagamento de impostos como IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), contas de água e esgoto (Semae) e a taxa de Poder de Polícia Administrativo, todos ligados ao Poder Executivo Municipal.

A associação disse em nota que “representa as necessidades de seus mais de 5.900 associados do setor produtivo Piracicaba, sobretudo os estabelecimentos comerciais e da área de serviços, que estão há mais de um ano com as atividades paralisadas ou semiparalisadas, implicando diretamente e de forma negativa nas receitas.”.

“Entendemos a gravidade da situação, visto que as atividades desses dois setores foram muito mais prejudicadas se comparadas aos demais estabelecimentos que puderam permanecer abertos nesse período. Portanto, considerando a importância de mantermos as atividades das empresas, geração de renda e emprego no município, diretamente ligadas a essas atividades, esperamos contar com o apoio do Poder Executivo”, ressaltou o presidente Luiz Carlos Furtuoso.

Após a protocolização, a Acipi aguardará uma resposta do Poder Executivo. Não há data para isso ocorrer.

Informar Erro
Leia também