Piracicaba (SP): vacinação dos profissionais da educação começa amanhã (13)

Para essa etapa da imunização, o município recebeu mais 3.176 doses da CoronaVac/Butantan

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), inicia a vacinação contra Covid-19 dos profissionais da educação das redes Municipal, Estadual e particular com 47 anos ou mais, nesta terça-feira (13). Para essa etapa da imunização, o município recebeu mais 3.176 doses da CoronaVac/Butantan.

De acordo com a Diretoria Regional de Ensino, que controla a validação de cadastros no Vacinaja, site do Governo do Estado, o município tem cerca de 3.000 profissionais que se encaixam nesse grupo, sendo que a Rede Municipal de Ensino conta com 1.237 profissionais da educação com essa idade.

Os profissionais receberão a vacina na Secretaria Municipal de Educação e na Diretoria Regional de Ensino. Para isso, precisam fazer o agendamento no site VacinaPira (https://vacinapira.piracicaba.sp.gov.br/), no qual a agenda para esse grupo já está disponível. A previsão é de que a vacinação dos profissionais seja concluída ainda nesta semana, para tornar mais segura a volta das aulas presenciais, liberadas pelo Governo do Estado na fase Vermelha do Plano São Paulo de combate ao coronavírus.

A Secretaria Municipal de Educação fica na rua Cristiano Cleopath, 1.902, no bairro Alemães. A Diretoria Regional de Ensino, na rua Dr. João Sampaio, 666, no bairro São Dimas. O local e o horário serão informados durante o agendamento.

Além do agendamento no site da Prefeitura, os profissionais de todas as redes contemplados nesta fase deverão fazer o cadastro em plataforma do Governo do Estado (https://vacinaja.sp.gov.br/educacao) para serem validados pela Diretoria Regional de Ensino com base nos dados fornecidos pelo profissional (como nome da escola, rede se ensino, município e cargo ocupado).

Após a análise, o profissional receberá em seu e-mail o comprovante VacinaJá Educação, com um QRCode para verificação de autenticidade.

No momento da vacinação, o profissional da educação deverá apresentar o comprovante VacinaJá Educação, RG e CPF para conferência dos dados pelo profissional de saúde. Caso contrário, não poderá ser imunizado.

Estão contemplados nesta etapa da vacinação professores, secretários, auxiliares de serviços gerais, faxineiras, mediadores, merendeiras, monitores, cuidadores, diretores, vice-diretores, coordenadores pedagógicos, além de professores temporários com 47 anos ou mais.

NO ESTADO – Nesta fase, o Governo de São Paulo vai destinar 350 mil doses para imunizar os profissionais da educação com mais de 47 anos que atuam nas escolas, desde a creche ao ensino médio, nas redes estadual, federal, municipais e privadas do Estado de São Paulo.

Informar Erro
Leia também