Connect with us

Rio Claro

Policial militar morre após levar três tiros na porta de sua casa, em Rio Claro

Rafael Fioravanti

Published

on

O Sargento Garcia, membro do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) da Polícia Militar, faleceu na madrugada desta quarta-feira (06) após ser alvejado por três tiros na porta de sua casa. O incidente ocorreu na Rua 1, bairro Jardim Inocoop, região sul de Rio Claro (SP).

Foto: Divulgação.

De acordo com informações apuradas pela imprensa, o policial chegava de moto em sua residência, na noite desta terça-feira (05), momento em que foi surpreendido por indivíduos armados e alvejado com três tiros: dois no pescoço e outro na cabeça. Na ocasião, os criminosos chegaram ainda a levar a pistola calibre .45 do policial.

Após a ação, o Sargento da Polícia Militar foi socorrido por uma viatura da GCM (Guarda Civil Municipal) e encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Rua 29. Como seu estado de saúde era gravíssimo, o policial acabou, logo em seguida, transferido ao PSMI (Pronto Socorro Municipal Integrado) da Avenida 15. Na madrugada desta quarta (06), o Sargento Garcia não resistiu aos ferimentos e teve uma morte cerebral.

Informações referentes ao velório e sepultamento do Sargento da Polícia Militar ainda não foram passadas à imprensa.

A Polícia Militar segue em luto por conta da morte do companheiro.

 

  • DINHEIRO DE VOLTA – Banco é obrigado a devolver taxas abusivas em contrato de financiamento de veículo quitado. Conheça os serviços da JUCA HELP!/PIRANOT, nova marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA, clicando aqui.

Rafael é formado em jornalismo (comunicação social) pela Universidade Mackenzie, em São Paulo. Possui experiência em redações e editoras literárias. Integra a equipe do Jornal PIRANOT desde dezembro de 2017.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.