Connect with us

Esporte

XV estreia com derrota na capital; próximo jogo é sábado, no Barão

Redação - PIRANOT / PORJUCA

Published

on

Não foi a estreia esperada no Paulistão A2 2020. O XV de Piracicaba foi a São Paulo na noite desta quarta-feira (22) para enfrentar a Portuguesa e perdeu por 2 a 0 no estádio Dr. Oswaldo Teixeira Duarte, o Canindé. Os gols da partida foram marcados pelo atacante Lúcio Flávio, um em cada tempo, aos 28 e aos 43 minutos. O XV buscará a reabilitação imediata no próximo sábado, às 19h, quando recebe o Audax, no estádio Barão da Serra Negra.

Foto: Dorival Rosa.

O jogo

A primeira boa chegada do XV foi aos seis minutos. Filipe Cirne puxou contra-ataque e tocou para Kadu Barone pela esquerda. O atacante levou para dentro e chutou forte de pé direito. A bola bateu na defesa e foi para escanteio. Os donos da casa levaram perigo aos 15 minutos. Após cobrança de falta, a bola sobrou para Ranielle, que bateu de direita e Mota fez grande defesa. Aos 21 minutos, Raphael Macena cabeceou e a bola passou à direita, perto da trave.

A Portuguesa abriu o placar aos 27 minutos. Lúcio Flávio, dentro da área, limpou a marcação e arrematou de pé direito, fazendo um belo gol. A etapa inicial seguiu sem chances claras para ambos os lados. O XV voltou do intervalo indo para cima do adversário. Aos seis minutos, quando o XV de Piracicaba já havia finalizado duas vezes, sendo uma delas com Filipe Cirne, da entrada da área, Jefferson Feijão e Kadu Barone construíram boa jogada pela direita.

O lateral cruzou, Macena cabeceou e Dida encaixou. Os comandados de Tarcísio Pugliese acertaram a trave aos 12 minutos. Filipe Cirne cobrou escanteio, Hiroshi cabeceou, a bola pegou no “poste” esquerdo e não entrou. O treinador quinzista, em seguida, promoveu as estreias de Marcelinho e Caio Mancha, que substituíram Erik Gabriel e Filipe Cirne, respectivamente. Mota apareceu bem novamente aos 23 minutos, ao espalmar uma bomba que veio da direita.

A última alteração de Pugliese foi a reestreia de Daniel Costa, que ocupou a vaga de Hiroshi. Antes dos mandantes darem números finais ao marcador, Caio Mancha cabeceou e a bola passou próxima ao travessão da meta lusitana. No entanto, aos 42 minutos, de novo com Lúcio Flávio, a Portuguesa matou o jogo. O atacante recebeu cruzamento vindo da direita e mandou de cabeça no contrapé de Mota, que, mesmo assim, por pouco não evitou o gol: 2 a 0.

Paulistão A2: 1ª fase – 1ª rodada: Portuguesa 2 x 0 XV de Piracicaba

Data – 22/01/2020
Horário – 20h30
Local – Estádio Dr. Oswaldo Teixeira Duarte, São Paulo
Árbitro – José Cláudio Rocha Filho
Assistentes – Fabrício Porfírio de Moura e Mauro André de Freitas
Quarto árbitro – João Vitor Gobi
Avaliador de campo – Márcio Verri Brandão
Gols – Lúcio Flávio aos 27’ 1/T e aos 42’ 2/T (POR)
Cartões amarelos – Caíque e Léo Pereira (POR); e Gilberto Alemão, Marcelinho e Ivan Medici (auxiliar-técnico) (XVP)

Portuguesa – Dida; Léo Pereira, Ranielle, Bruno Maia e Vinícius Silva; Caíque, Raphael Toledo e Roger Gaúcho (Vinícius Pedalada); Adílson Bahia, Edson (Jorge Eduardo) e Lúcio Flávio (Bruno Motta). Técnico: Moacir Júnior.

XV de Piracicaba – Mota; Jefferson Feijão, Diego Jussani, Gilberto Alemão e Assis; Bruno Lima, Hiroshi (Daniel Costa) e Filipe Cirne (Caio Mancha); Erik Gabriel (Marcelinho), Kadu Barone e Raphael Macena. Técnico: Tarcísio Pugliese.

Fundado em 18 de novembro de 2011, o Jornal PIRANOT é uma marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA. Aqui, notícias de Piracicaba são prioridades. Confira tudo o que acontece de mais importante na cidade em tempo real. Jornalismo 24 horas de plantão.