Connect with us

Cultura

Piracicaba reuniu 925.503 mil pessoas nas atividades culturais de 2019

Redação - PIRANOT / PORJUCA

Published

on

Piracicaba reuniu 925.503 mil pessoas nas atividades culturais de 2019; este número é cerca de 30% a mais que em 2018, quando a participação total foi de 712.595. Festivais, espetáculos, festas, oficinas, teatro, música e outras ações contaram com um público de 872.787 pessoas em atividades gratuitas, enquanto 52.716 prestigiaram apresentações pagas.

Salão de Humor

Foto: Christiano Diehl.

Os eventos focados em levar cultura, lazer e turismo para a população piracicabana e visitantes, aconteceram no Parque do Engenho Central, Estação da Paulista, Armazém da Cultura Maria Dirce de Camargo, célula Misp (Museu da Imagem e do Som), teatros municipais Dr. Losso Netto e Erotídes de Campos, Centros Culturais Nhô Serra, Zazá, Hugo Pedro Carradore e Antonio Pacheco Ferraz; nos bairros Jardim Oriente, Eldorado, Bosques do Lenheiro, Jardim Gilda e Monte Alegre, Biblioteca Municipal, Pinacoteca Miguel Dutra, Largo dos Pescadores, Casa do Povoador, Casarão do Turismo, Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes, Casarão do Turismo e Largo dos Pescadores.

Segundo a secretária da Ação Cultural e Turismo, Rosângela Camolese, todas as atividades, em especial as gratuitas, são ofertadas com o objetivo de ampliar o acesso da população à cultura. “Além de utilizarmos dos espaços culturais para agregar conhecimento, realizamos ações que envolvem as comunidades, levando oficinas, apresentações de música, cinema, doação e empréstimo de livros a bairros mais distantes da área central”, comenta.

Os teatros municipais Erotídes de Campos e Dr. Losso Netto reuniram juntos, 112.929 espectadores em peças teatrais, stand-ups, musicais, orquestras, Festival Nacional de Teatro – Fentepira, Festival de Música Raiz, Festival de Música Ecológica – Festeco, apresentações de dança. Desses, 60.213 em 172 atividades gratuitas. O programa Movimentação Cultural atendeu em torno de 200 mil pessoas com atrações musicais em eventos apoiados como a Festa do Milho de Tanquinho, Festa da Batata, Festa da Polenta, Festa do Vinho, Festa da Mandioca de Artemis, Festa de Santo Antonio; ações nas comunidades e oficinas de artesanato, tecelagem, desenho, pintura, crochê, teclado, flauta, violão, teatro, dança de salão, danças urbanas, ritmos e balé.

Pelo menos 221 mil pessoas estiveram no Parque do Engenho Central em shows, carnaval, feiras, eventos empresariais, Festa do Peixe e da Cachaça, Dia Nacional do Samba, Afropira, Parada LGBT, Espetáculo de Natal, Festa do Sorvete, Festival Paulista de Circo, Festa das Nações, Paixão de Cristo, Feira Gastronômica. Estima-se a visitação de 260 mil pessoas ao Salão Internacional de Humor e exposições paralelas.

A Estação da Paulista e o Armazém da Cultura “Maria Dirce de Camargo” reuniu 8.890 pessoas nas exibições de curta metragens e Dia Internacional da Animação; além de eventos populares, feiras e apresentações musicais e de teatro.

O projeto Cine nos Bairros, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, contou com a participação de 1.100 pessoas em exibições nos Varejões e Centros Sociais do 1º de Maio, Eldorado, São Francisco, Parque Peória, Monte Alegre, Jupiá e Bosques do Lenheiro.

Os concursos de Microcontos de Humor e Prêmio Escriba de Contos tiveram a participação de 1.515 pessoas. A Biblioteca Municipal “Ricardo Ferraz de Arruda Pinto” contou com a participação de 6.500 pessoas em visitas monitoradas da Hora do Conto e outros eventos.

O quiosque literário “Maria Emilia Redi”, no Parque da Rua do Porto acolheu 3 mil pessoas ao longo de 2019, além da reinauguração da Biblioteca Comunitária do Vila Industrial, que reuniu 100 moradores para o evento.

Na Pinacoteca Municipal, os Salões de Belas Artes (SBA), Arte Contemporânea (SAC), Aquarelas (SAP) reuniram juntos, aproximadamente 2.800 pessoas.

O Largo dos Pescadores somou mais de 42 mil participantes da Noite das Tradições – projeto realizado entre os meses de março e dezembro, com apresentação gratuita de grupos e bandas musicais da cidade e região, além das festividades (Pastel Fest, Passeio de Barco, Festa do Divino, Festival Curau, Samba do Brinquedão).

Atrativos turísticos

O Elevador Panorâmico como um dos principais pontos turísticos da cidade, teve 38.836 visitas nos fins de semana e feriados. O Casarão do Turismo por sua vez, reuniu 5.896 pessoas em ações e atividades. O Posto de Informações Turísticas, localizado no Parque do Mirante contou com 5.082 turistas.

A Casa do Povoador recebeu 6.721 pessoas em ações na galeria e arena Alberto Thomazzi. O Museu Prudente de Moraes recebeu 5.834 visitantes em exposições, programações culturais, oficinas, palestras e visitas escolares. Mais de 300 pessoas participaram da Jornada do Patrimônio Cultural, com visitação em vários pontos turísticos.

Em 2019, Piracicaba também recebeu a quarta edição do Festival Gastronômico, um evento formatado pela Regionalização Turística denominada Serra do Itaqueri – composta por um grupo de 13 cidades da região desde 2013. O festival atraiu cerca de 3 mil pessoas no Engenho Central.

Além desses, outros pontos turísticos como a Rua do Porto e bairros históricos (Monte Alegre, Santana e Santa Olímpia) receberam grande visitação em 2019.

“Estamos sempre buscando alternativas para tornar os espaços turísticos e culturais ainda mais atrativos, com ações e atividades diversificadas. Nosso objetivo é contribuir para o conhecimento da diversidade cultural e bem-estar da população”, conclui Camolese.

Fundado em 18 de novembro de 2011, o Jornal PIRANOT é uma marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA. Aqui, notícias de Piracicaba são prioridades. Confira tudo o que acontece de mais importante na cidade em tempo real. Jornalismo 24 horas de plantão.