Connect with us

Notícias

Polícia investiga se corpo carbonizado em canavial pertence a empresário de Piracicaba

Redação - PIRANOT / PORJUCA

Published

on

A polícia segue investigando se o corpo encontrado carbonizado dentro de um veículo, no dia 11 de março, em um canavial de Rio das Pedras, pertence ao empresário Gustavo Henrique Diehl, de 36 anos. Gustavo era dono de restaurantes e uma sorveteria da cidade, entre eles o famoso “Gu Lanches”, que fica na Avenida Carlos Martins Sodero.

corpo encontrado carbonizado é de gu lanches

Exames legais ainda estão sendo feitos a fim de identificar se o corpo carbonizado dentro do veículo pertence realmente a Gustavo Henrique Diehl. Logo após o corpo ter sido encontrado, amigos e familiares prestaram homenagens ao empresário em rede social. O prefeito de Piracicaba, Barjas Negri escreveu:

“Ficamos chocados com a morte violenta do nosso amigo Gustavo Diehl, o Gu, (Gu Lanches), no dia de hoje. Ainda não sabemos todos os detalhes, mas queremos nos colocar à disposição da família, nesse momento de dor e desespero. Nossos sinceros sentimentos”.

O caso

De acordo com informações passadas pela Polícia Militar, o corpo carbonizado foi encontrado por volta das 13h30, do dia 11 de março, em um canavial de Rio das Pedras, nas proximidades do bairro Batistada.

O veículo estava incendiado e as chamas já haviam sido apagadas por funcionários da Usina Raízen antes da chegada de policiais militares. Dentro do carro, policiais constataram ainda a presença de um corpo totalmente carbonizado, sentado no banco do motorista e sem sinais de identificação.

A Polícia Militar realizou uma consulta ao veículo e comunicou que nada de ilícito foi encontrado. Em seguida, policiais tentaram contato com o proprietário do automóvel, o comerciante Gustavo Henrique Diehl, momento em que tomaram ciência de que ele estava desaparecido desde às 10h do mesmo dia.

Segundo o que nossa equipe apurou na manhã de quinta-feira (12), peritos do Instituto Médico Legal iriam fazer exames de DNA no cadáver. Até a confirmação dos laudos, o delegado optou em manter o cadáver como desconhecido.

O local foi isolado em medidas tomadas juntamente com a Polícia Civil, e, consequentemente, equipes da perícia realizaram todos os trâmites necessários pelo local. A ocorrência foi apresentada na delegacia de Polícia Judiciária do município de Rio das Pedras.

Investigação segue em sigilo

As investigações estão sendo realizadas em absoluto sigilo pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Piracicaba.

Fundado em 18 de novembro de 2011, o Jornal PIRANOT é uma marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA. Aqui, notícias de Piracicaba são prioridades. Confira tudo o que acontece de mais importante na cidade em tempo real. Jornalismo 24 horas de plantão.