Connect with us

Piracicaba

Para evitar prisão do marido, mulher agride PM que, para prendê-la, usa força física

Redação - PIRANOT / PORJUCA

Published

on

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Desde a tarde de ontem (28), mais de 30 mil pessoas visualizaram pelas redes sociais um vídeo onde um Policial Militar (PM) aparece agredindo uma mulher. O PIRANOT foi atrás para entender o que aconteceu antes, durante e depois da gravação.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Em conversa com uma fonte na PM, que pediu para não ser identificado, policiais receberam uma denúncia anônima de tráfico de drogas e foram ao bairro, localizado na área rural norte de Piracicaba, na região do distrito de Santa Terezinha, para fazer um patrulhamento e localização dos suspeitos. No local, se depararam com dois indivíduos em um Chevrolet Monza. Um deles foi reconhecido de uma outra ocorrência também por tráfico na terça-feira passada.

Uma ordem de parada foi dada, mas o motorista saiu em alta velocidade por diversas ruas, passou por uma ponte de ferro, sinalizações de trânsito e só parou na frente da casa do carona onde ele adentrou no imóvel e tentou se esconder.

Quando foi retirado do local pelos agentes públicos, a esposa dele saiu para fora e, segundo a fonte, tentou atrapalhar a abordagem com agressões verbais e físicas. Nessa segunda situação, pedras foram jogadas contra os policiais e a viatura que ficou danificada como mostra a imagem no final da reportagem.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Dentro do Monza, os policiais encontraram 169 pinos de cocaína. A droga e uma das pedras usadas pela mulher para danificar a viatura foram apreendidas.

Quando tentavam prender a esposa do carona por lesão corporal contra o policial, que ficou com um machucado no queixo, ela resistiu e neste momento foi necessário o uso de força física.

Ainda de acordo com a fonte, o policial teria optado por um tapa na mulher para dominá-la. Isso faria parte de em um método que é conhecido como “quebra de resistência”. Essa é a parte que aparece no vídeo.

Após registro da ocorrência, a mulher e o policial passaram por exame de corpo de delito. No exame dela, não teria sido encontrado nenhum hematoma positivo para agressão. Já no do policial, foi confirmado o machucado no queixo. Nós recebemos imagens da mulher e também não conseguimos achar ferimentos aparentes.

A viatura da PM também foi periciada.

O PIRANOT teve acesso ao vídeo, porém não conseguiu os direitos autorais para a sua veiculação, seja de quem filmou, ou de quem aparece nas imagens, e por isso não pode veiculá-lo.

.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

CONTINUIDADE DE OUTRA OCORRÊNCIA – Ainda de acordo com a fonte do portal de notícias, a ocorrência em questão foi a continuidade de uma outra também por tráfico de drogas no mesmo bairro na terça-feira passada. Na ocasião, o carona do Monza estava em uma motocicleta e foi avistado em atividade suspeita. Uma ordem de parada foi dada, porém ele não respeitou e fugiu por um canavial.

A moto foi localizada e apreendida. Já ele estava foragido até ontem, quando foi preso quando os próprios moradores de Ártemis ligaram para o 190 para denunciar um Volkswagen Golf preto que estava sendo usado para vender entorpecentes no local. O Monza foi encontrado no caminho e acabou sendo alvo da ocorrência.

 

Fundado em 18 de novembro de 2011, o Jornal PIRANOT é uma marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA. Aqui, notícias de Piracicaba são prioridades. Confira tudo o que acontece de mais importante na cidade em tempo real. Jornalismo 24 horas de plantão.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.