Connect with us

Piracicaba

Operação “Inverno Solidário” aborda população de rua

Junior Cardoso

Published

on

A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Eliete Nunes, e a equipe de abordagem social da Pasta percorreram ontem (5) ruas e avenidas de Piracicaba para a oferta dos serviços da Semdes à população de rua, numa operação denominada “Inverno Solidário”. A proposta de ampliar o atendimento ao morador de rua consta do Plano de Governo do prefeito Gabriel Ferrato.

Segundo Eliete, praças e esquinas são os pontos preferidos da população que faz das ruas local de moradia e espaço de sobrevivência. “A conduta, nem sempre de aceitação, leva a equipe a insistir na abordagem em períodos diferentes do dia, para que, com a inclusão nos serviços, essas pessoas sejam resgatadas”, comenta.
Durante o outono/inverno, a Semdes intensifica as abordagens em vários pontos da cidade. O período possibilita a ampliação do atendimento dos moradores de rua, principalmente no aspecto da saúde.

Ao todo, a equipe realizou cerca de 43 abordagens nas praças José Bonifácio, Imaculada Conceição, Takaki, em frente à Igreja dos Frades, entre outros locais onde há concentração da população em situação de rua. Lembrando que as abordagens podem ser realizadas mais de uma vez com a mesma pessoa.

Com isso, 32 moradores foram encaminhados aos serviços, enquanto 11 optaram por continuar em situação de rua. A secretária da Pasta explicou que “essas pessoas tem dificuldade em aceitar a mudança e deixar de morar nas ruas. Porém, a cada abordagem, a equipe consegue algum avanço, sempre respeitando a decisão do abordado”.

Durante as abordagens, a equipe oferta um tipo de serviço, de acordo com cada caso. Com a aceitação, as pessoas são encaminhadas ao Centro Pop, onde recebem lanche, higiene, vestuário, orientações e participam de oficinas de pintura, biblioteca e outras atividades que possibilitam a análise das necessidades de cada usuário, para os encaminhamentos.

Para melhorar o atendimento e proporcionar mais aceitação, a Semdes transferiu a unidade do Centro Pop para a área central. Além deste serviço, a equipe também conta com a Casa de Passagem, para a oferta de pernoite às pessoas em situação de rua de Piracicaba – serviço oferecido em parceria com o Núcleo Espírita São Vicente de Paula.

E.S., 39 anos, é um caso de sucesso. Após utilizar os serviços do Centro Pop, conseguiu encaminhamento para o Programa Emergencial de Auxilio Desemprego – Frente de Trabalho. “É uma chance, e pretendo investir nela para, antes de mais nada, sair dessa situação de rua”, comenta.

Desde que assumiu a Pasta, Eliete se propôs a caminhar junto com os serviços, em especial aqueles voltados à população de rua, às abordagens feitas a migrantes ou pessoas do município, a fim de efetivar os encaminhamentos necessários. “A equipe oferta desde os serviços mais urgentes como refeição, higiene e pernoite até o encaminhamento, após avaliação, para o serviço de moradia transitória, no Núcleo Novos Caminhos, em casos com vínculos familiares rompidos ou inexistentes”, conta a secretária.

Diretor, editor chefe e jornalista do PIRANOT. Começou a trabalhar em 2007, aos 14 anos, quando lançou seu primeiro blog na internet. Em 2011, criou o PIRANOT e fez parte, por três anos, de um programa da extinta TV Beira Rio. Estudou jornalismo na UNIMEP e assessoria de imprensa no SENAC. Fez estágio na Câmara de Vereadores e teve passagens por duas rádios de Piracicaba.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.