Connect with us

Notícias

Juiz Alves Lamas determina que banco devolva R$ 1,7 mil a cliente por tarifas abusivas em Piracicaba

Redação - PIRANOT / PORJUCA

Published

on

O banco PAN foi condenado nesta quarta-feira (09) por cobrar tarifas abusivas em um contrato de financiamento de veículo em Piracicaba (SP). Além do dinheiro cobrado ilegalmente, o juiz Guilherme Lopes Alves Lamas ordenou que os juros e a correção monetária sobre o valor também devem ser devolvidos ao cliente.

Foto: Divulgação

Segundo Júnior Cardoso, dono da JUCA HELP!/PIRANOT, a vítima do banco PAN procurou os serviços administrativos da sua empresa em setembro. “Ele estava com uma cópia do contrato de financiamento em mãos, onde identificamos a cobrança de duas tarifas, uma de seguro e outra de avaliação do bem, um absurdo. Iniciamos o procedimento imediatamente. Tentamos um acordo, mas sem sucesso”, disse.

O banco cobrou no contrato da vítima mais de mil reais nas tarifas citadas pelo dono da JUCA HELP! Agora, com juros sobre o valor financiado e a correção, segundo cálculos da empresa, o valor passa de R$ 1,7 mil.

A sentença em favor do cliente vítima do banco PAN foi proferida por Alves Lamas, que atua no Juizado Cívil e Criminal de Piracicaba, com base no Código de Defesa do Consumidor.

A Juca Help!

Da mesma empresa dona do Jornal PIRANOT, a JUCA HELP! oferece serviços administrativos, entre eles o cálculo de tarifas abusivas cobradas por bancos em contratos de financiamento de veículos já quitados.

Solicite um cálculo no seu contrato, SEM CUSTO, pelo WhatsApp (19) 9. 9938-3820. É necessário ter cópia do contrato. Caso não tenha, solicite pelo 0800 do banco.

Fundado em 18 de novembro de 2011, o Jornal PIRANOT é uma marca da Empresa Júnior Cardoso LTDA. Aqui, notícias de Piracicaba são prioridades. Confira tudo o que acontece de mais importante na cidade em tempo real. Jornalismo 24 horas de plantão.

error: Este conteúdo está protegido por direitos autorais.